• Entrar
  • Cadastrar
Nem alho, nem cebola: Yasmin Brunet enfrenta enorme desafio e restrições em nova dieta; entenda o que é FODMAP

Entenda tudo sobre a dieta fodmap que a modelo Yasmin Brunet aderiu e por que ela precisou fazer isso! 

Yasmin Brunet desabafa que dieta fodmap é a mais difícil da vida dela, entenda (Créditos: Instagram/Canva) 

Todo mundo sabe que a rotina alimentar de várias modelos e influencers pode ser bem complicada e difícil de manter, precisando ter bastante disciplina e acompanhamento especializado para seguir à risca. Desta vez, quem desabafa sobre alimentação é a modelo Yasmin Brunet.

A ex-BBB publicou nos stories do Instagram na última quinta-feira (16) que irá iniciar uma nova dieta, a chamada fodmap. Ela gravou os vídeos junto com o nutricionista Daniel Coimbra, que é o responsável pelo acompanhamento alimentar dela. Em uma parte, ela desabafa que será “a dieta mais difícil da minha vida”.

Yasmin Brunet desabafa sobre nova dieta nas redes sociais

Logo nos primeiros vídeos, o próprio nutricionista explica que a dieta será superlimpa, e Brunet diz: "Vocês não estão entendendo o que vai ser minha dieta, gente... porque além da síndrome do intestino irritado, lipedema e sibo (supercrescimento bacteriano que causa o excesso e desequilíbrio de bactérias no intestino delgado), vocês não tem noção como vai ser a dieta".

O que é a dieta fodmap?

Para quem não conhece, Daniel Coimbra detalhou como funciona a dieta fodmap e por que ela é a melhor escolha para o caso de Yasmin Brunet: “É concentrada em baixos carboidratos fermentáveis. Alguns carboidratos podem chegar em nosso intestino e serem fermentados com bactérias que já estão em nosso intestino, o que acaba causando dor, incômodo, alteração de humo, dificuldade de perda de gordura e ganho de massa magra, e até algumas alterações comportamentais".

Coimbra cita quais são os alimentos que a modelo não poderá comer porque fermentam muito no intestino, sendo eles alho, cebola, brócolis, feijão, adoçante xilitol e chiclete. Ao final, Yasmin Brunet ainda brinca, desabafando mais um pouco: "Gente, não pode nada! É real a dieta mais difícil da minha vida".

FODMAP é uma sigla utilizada para englobar diversos carboidratos fermentáveis que não são absorvidos corretamente pelo corpo humano e podem gerar desconforto intestinal. Eles são classificados em quatro grupos: oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e poliois.

Assim como Yasmin Brunet explicou nos seus vídeos, uma dieta com baixo teor desses alimentos é recomendada para pessoas com síndrome do intestino irritável, assim como outras doenças do trato digestivo. De forma geral, o ideal é encontrar as quantidades adequadas que cada pessoa consegue consumir com segurança sem sofrer os efeitos colaterais.

Frutas como tangerina, laranja, uva, limão, banana madura, morango e melão podem ser consumidas por quem pratica fodmap. Além delas, verduras e legumes como abóbora, pimentão vermelho, tomate, cenoura, pepino, batata e batata-doce são bem-vindas. No caso de laticínios, deve-se consumir aqueles que não contém lactose, e dar preferência para alimentos sem glúten.

Veja mais:

Dieta da Madonna: o que é, como fazer, malefícios e benefícios da alimentação macrobiótica

Temas relacionados