• Entrar
  • Cadastrar
Aqui estão 11 benefícios do inhame para a saúde: o que acontece com o corpo se ingerir o tubérculo com frequência

Conheça os efeitos do inhame para a saúde e o que que acontece se incluir o tubérculo na sua dieta.

Descubra os benefícios do inhame para a saúde (Fotos: Shutterstock)

O inhame é conhecido pelo seu poder nutricional e por ser um ingrediente versátil para muitas receitas. Esse tubérculo oferece vantagens importantes para a saúde, mas será que você conhece todos os seus poderes? Ele é uma ótima fonte de fibras, potássio, manganês, cobre e antioxidantes.

Isso significa que está associado a vários benefícios, como a saúde do cérebro, a redução da inflamação e melhora do controle do açúcar no sangue. Para o melhor aproveitamento dos nutrientes do inhame, o tempo de cozimento certo pode fazer a diferença.

Se você deseja entender por que esse alimento é valioso para a sua dieta, o TudoGostoso reúne 11 motivos para te estimular a consumi-lo com mais frequência!

Esses são os 11 benefícios do inhame para a sua saúde

O inhame é versátil em muitos preparos e por isso está presente em receitas diversas. Mas ele também é muito consumido como suco e tem sido apreciado em versões de suco com limão, com todos os benefícios que envolvem o tubérculo e a fruta, e ainda na combinação da bebida de inhame com maçã. Conheça a seguir quais são as propriedades poderosas desse alimento!

1. Rico em nutrientes

O inhame é rico em vitaminas, minerais e fibras. Uma xícara (136 gramas) de inhame cozido fornece:

  • Calorias: 158
  • Carboidratos: 37 gramas
  • Proteína: 2 gramas
  • Gordura: 0 gramas
  • Fibra: 5 gramas


O inhame não é apenas uma excelente fonte de fibras, mas também é rico em minerais como potássio, magnésio e manganês, que são importantes para apoiar a saúde óssea, o crescimento, o metabolismo e a função cardíaca.

Ele ainda fornece boas quantidades de outros micronutrientes, como cobre e vitamina C. O cobre é vital para a produção de glóbulos vermelhos e para a absorção de ferro, enquanto a vitamina C é um forte antioxidante que pode estimular o sistema imunológico.

2. Pode melhorar a função cerebral

O consumo de inhame pode melhorar a função do seu cérebro. Em um estudo de 12 semanas, as pessoas que tomaram um suplemento de extrato de inhame obtiveram pontuação mais alta em um teste de função cerebral do que as do grupo placebo.

Ele contém um composto chamado diosgenina, que promove o crescimento dos neurônios e melhora a função cerebral. Entretanto, são necessárias mais pesquisas nessa área para entender completamente como o inhame pode beneficiar a saúde do cérebro.

3. Pode aliviar os sintomas da menopausa

O inhame pode ajudar a aliviar alguns sintomas da menopausa. Estudos já realizados apontaram que os níveis sanguíneos de estrona e estradiol tiveram aumento. Os níveis sanguíneos de estrona e estradiol - dois hormônios estrogênicos - normalmente diminuem durante a menopausa.

E com a melhora dos níveis de estrogênio, os sintomas da menopausa podem aliviar. No entanto, são necessárias mais pesquisas já que as evidências ainda são contraditórias.

4. Pode ter propriedades de combate ao câncer

O inhame fornece vários antioxidantes que podem ter propriedades anticancerígenas. Em um estudo com animais, uma dieta rica em inhame reduziu significativamente o crescimento de tumores no cólon.

Esses efeitos foram associados aos antioxidantes presentes no inhame, sugerindo que esses tubérculos podem proteger contra o câncer. Entretanto, os estudos ainda não testaram esses efeitos em seres humanos.

5. Pode reduzir a inflamação

Os antioxidantes do inhame podem ajudar a reduzir a inflamação crônica, que está associada a um risco maior de várias doenças, como doenças cardíacas, diabetes e obesidade. O consumo de alimentos anti-inflamatórios, como o inhame, pode ajudar a controlar a inflamação crônica.

Ainda assim, são necessários mais estudos para determinar se o consumo de inhame tem os mesmos efeitos anti-inflamatórios em humanos.

6. Pode melhorar o controle do açúcar no sangue

O inhame pode melhorar os níveis de açúcar no sangue. Vários estudos em animais descobriram que o inhame melhora o controle do açúcar no sangue. Acredita-se que os efeitos sejam por conta do seu rico conteúdo de amido resistente e fibra alimentar.

O amido resistente passa pelo intestino sem ser digerido. Esse tipo de amido está associado a vários benefícios à saúde, incluindo a redução do apetite, bem como a melhora dos níveis de açúcar no sangue e da sensibilidade à insulina.

7 - Melhora da saúde digestiva

O inhame está associado a vários outros benefícios à saúde, incluindo melhoria da saúde digestiva. Estudos indicam que o amido resistente do inhame pode aumentar as enzimas digestivas que ajudam a quebrar os alimentos e aumentar o número de bactérias boas no intestino.

8- Perda de peso

Um estudo com animais constatou que o extrato de inhame reduziu a ingestão de alimentos, sugerindo que esses tubérculos podem ajudar a reduzir o apetite e melhorar a perda de peso. A fibra do inhame também pode promover a perda de peso (28).

9 - Efeitos antimicrobianos

Embora o mecanismo exato seja desconhecido, vários estudos observam que o extrato de inhame pode proteger contra determinadas bactérias resistentes a medicamentos.

10 - Melhora nos níveis de colesterol

Um estudo com humanos apontou uma redução nos níveis de colesterol no sangue, mas apesar do seu conteúdo nutricional rico, são necessárias mais pesquisas para estudar esses efeitos em detalhes.

11. Fácil de adicionar à sua dieta

Como já foi mencionado, o inhame é bastante versátil e fácil de incluir à dieta. Ele pode ser comprado inteiro, em pó e farinha.

Veja mais!

O que acontece se eu comer inhame à noite?

É verdade que inhame cru faz mal?

Temas relacionados