• Entrar
  • Cadastrar
Estudo descobre novo benefício da cerveja surpreendente para a saúde!

Estudo aponta efeito benéfico da cerveja para a saúde intestinal (Foto Pexels Elevate) 

Se você é fã de uma breja gelada, certamente já andou fazendo buscas sobre quais são osbenefícios da cerveja. Quem nunca? E a boa notícia é que um novo estudo acaba de comprovar mais um ponto positivo da bebida.

Isso não significa que você tenha que sair por aí se embebedando de cerveja, afinal de contas, toda bebida alcoólica deve ser ingerida com moderação para não não afetar negativamente a saúde. Estudos anteriores já apontaram quantas cervejas são consideradas saudáveis para o organismo e essa informação você pode conferir a seguir.

Mas vamos ao que interessa primeiro! Confira os resultados das pesquisas recentes e descubra como o seu organismo pode ser beneficiado quando você beber o seu copo de cerveja gelada.

Estudo descobre mais um benefícios da cerveja

A recente descoberta é impressionante! As pesquisas apontaram que os compostos presentes na cerveja são benéficos à saúde intestinal, porém, vale ressaltar, esses efeitos são observados quando a bebida é ingerida em pequenas quantidades.

Para entender o que acontece, é importante saber como funciona o microbioma intestinal. Ele é um ecossistema composto por trilhões de microrganismos (que incluem bactérias, vírus, fungos e mais organismos microscópicos que desempenham um papel importante na manutenção da saúde intestinal).

Eles estão presentes no sistema digestivo e têm um efeito importante em vários aspectos da saúde, como na imunidade e no metabolismo.

Cerveja ainda oferece benefícios imunológicos

Vários componentes da cerveja foram analisados dentro dos efeitos para o microbioma intestinal e foi constatado como eles podem afetar esse ecossistema complexo do corpo humano e causando uma imunomodulação.

Os substratos fenólicos presentes na cerveja produzem metabólitos de sabor após o metabolismo. Essas substâncias demonstraram a capacidade de inibir o crescimento de bactérias nocivas, mas sem impactar as bactérias benéficas.

O estudo mostra como esses metabólitos aromáticos podem atacar certas bactérias de forma seletiva, como Clostridium perfrigens e Clostridium difficile.

E os flavonóides encontrados na cerveja estimulam a proliferação de bactérias benéficas, como é o caso dos Lactobacillus e Bifidobacterium. Outro ponto que vale destacar é que esses flavonóides foram associados à redução dos marcadores de inflamação, reforçando ainda os benefícios imunológicos que a cerveja pode oferecer.

Quantas cervejas por dia é saudável

Como saber qual é a quantidade de cerveja saudável? No início de 2023, um revisão na recomendação de consumo de álcool foi realizada no Canadá e impactou a população com uma mudança rigorosa: o documento apontou que a única quantidade segura de álcool é zero.

No Brasil, entretanto, não há uma determinação por parte de uma entidade médica nacional. O que se estabelece é a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde), que afirma não existir um padrão de consumo de álcool totalmente seguro.

A OMS define como dose padrão 10g de etanol puro. O recomendado é que homens e mulheres não excedam duas doses por dia e que não bebam pelo menos dois dias na semana. Já segundo o CISA (Centro de Informações sobre Saúde e Álcool), uma dose padrão corresponde a 14g de etanol puro, ou seja, 350 ml de cerveja (5% de álcool).

Então, já sabe! Dá para tirar proveito dos benefícios da bebida, seja uma boa cerveja artesanal ou não, mas com moderação.

Veja mais:

Aproveite os benefícios da cerveja no preparo de receitas deliciosas para o almoço!

Confira essas dicas de harmonização de cerveja com pratos variados.

Temas relacionados