• Entrar
  • Cadastrar
É isso o que acontece com seu corpo quando você come pimenta preta todos os dias

Essa especiaria tão comum faz bem ou mal à saúde? Entenda os efeitos da pimenta preta, também chamada de pimenta-do-reino, no nosso organismo. 

Pimenta preta: quais são os efeitos dela no organismo?

Quais são os benefícios da pimenta preta? Considerada uma das especiarias mais usadas e adoradas em todo o mundo, a pimenta preta ou pimenta-do-reino é utilizada em diferentes receitas para dar uma leve picância e realçar o sabor de vários pratos. Essa especiaria se origina das bagas secas da planta Piper nigrum e seus benefícios vão além do uso culinário.

A pimenta preta contém um composto notável chamado piperina. De acordo com um estudo de 2023 publicado na Aging and Disease, esse alcaloide natural dá à pimenta-do-reino seu sabor pungente característico e desempenha um papel fundamental em seus benefícios à saúde: a piperina tem efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios que podem reduzir o risco de doenças crônicas.

Além disso, foi demonstrado que a piperina aumenta a biodisponibilidade de vitaminas e minerais essenciais, o que a torna uma adição saudável a uma dieta bem equilibrada. E o que acontece com seu corpo quando você come pimenta preta todos os dias?

Organismo passa a absorver melhor os antioxidantes

Quando combinada com alimentos ricos em antioxidantes, como frutas e vegetais, a pimenta-do-reino pode efetivamente ajudar a aumentar a absorção desses compostos benéficos.

Um estudo de 2019 descobriu que a piperina (o composto ativo da pimenta-do-reino) pode aumentar a biodisponibilidade de antioxidantes como a curcumina na cúrcuma em quase 2.000%, tornando suas refeições mais saborosas e mais potentes do ponto de vista nutricional.

Pimenta preta faz o corpo reduzir a inflamação

Os benefícios da piperina não se limitam a aumentar a absorção de nutrientes. Ela também pode desempenhar um papel crucial na redução da inflamação no corpo. A inflamação crônica está ligada a vários problemas de saúde, desde artrite até doenças cardíacas.

Cientistas destacam que as propriedades anti-inflamatórias da piperina podem ajudar a controlar as condições inflamatórias. "A pimenta-do-reino pode ajudar seu corpo a combater a inflamação associada a doenças crônicas como o mal de Alzheimer, o mal de Parkinson, a artrite e outras, interferindo no processo inflamatório", explicou a nutricionista Kelsey Kunik ao “Everyday Health”.

Essa pimenta pode melhorar a saúde do seu cérebro

Embora não seja um estimulante cerebral mágico, a pimenta-do-reino, quando incorporada em sua dieta, pode oferecer algumas vantagens de apoio ao cérebro. De acordo com o estudo publicado na Aging and Disease, a piperina encontrada na pimenta-do-reino pode melhorar sua saúde cognitiva e vitalidade, reduzindo o risco de doenças neurodegenerativas.

“A pimenta-do-reino pode ser usada para temperar os alimentos em vários estágios do cozimento e adicionada a marinadas, temperos ou misturas de especiarias. Você também pode adicionar pimenta-do-reino aos chás para obter um sabor picante, semelhante ao do chai, que pode ajudar a aumentar a absorção de antioxidantes. Moa grosseiramente a pimenta-do-reino sobre saladas frescas ou adicione-a a molhos para saladas”, orienta a nutricionista.

É bom comer pimenta-do-reino todos os dias?

O consumo diário de pimenta-do-reino com moderação é geralmente seguro e pode acrescentar sabor às suas refeições sem efeitos adversos, além de oferecer alguns benefícios à saúde. Entretanto, quantidades excessivamente grandes de pimenta-do-reino podem irritar o revestimento do estômago ou causar desconforto digestivo.

A pimenta preta pode desintoxicar o corpo?

A pimenta preta não é um agente desintoxicante no sentido tradicional, mas tem benefícios potenciais para a saúde. A piperina encontrada nela pode aumentar a absorção de determinados nutrientes no corpo, o que poderia indiretamente apoiar os desintoxicantes naturais do corpo: o fígado e os rins.

Sabia de todas essas poderosas vantagens da pimenta preta para o organismo? Então inclua-a já em suas refeições diárias para obter um “up” nutricional em seu cardápio.

Veja mais:

- Por que não se pode cheirar pimenta? Entenda grave reação que a jovem de 25 anos teve e como evitar que isso aconteça;

- 3 maneiras de usar geleia de pimenta para incrementar seus pratos;

- Conheça Pepper X, nova pimenta que conquistou recorde e 3x mais picante que a anterior.

Temas relacionados