• Entrar
  • Cadastrar
Evite essas 2 substâncias na alimentação para fugir do câncer, segundo nutricionista oncológica

Veja a lista dos produtos considerados perigosos para a saúde e algumas soluções para não ter que cortá-los do cardápio. 

Conheça a lista de alimentos que podem conter essas substâncias perigosas para a saúde (Foto: Shutterstock)

Uma boa alimentação está relacionada com as melhores escolhas para o bom funcionamento do organismo, mas também deve-se considerar que muitos alimentos, ou melhor, produtos alimentícios, podem agir como vilões da saúde.

Com o poder da informação, muita gente já não se deixa mais enganar com muitas propagandas enganosas de falsos alimentos saudáveis. Mas não basta tomar a decisão de tirar certos produtos do carrinho de compras sem entender por que eles devem ser evitados.

A leitura dos rótulos é uma orientação recorrente por aqui, mas ao mesmo tempo é essencial saber o motivo que torna tais produtos um verdadeiro perigo para a saúde, já que alguns detalhes nem sempre estarão nas embalagens, como mostra a nutricionista oncológica Paula Pratti (@paulapratti).

Saiba quais são os alimentos com substâncias potencialmente cancerígenas

De acordo com a especialista, muitos alimentos podem esconder riscos sérios para a saúde. Porém, quando você sabe quais são tais substâncias perigosas presentes na composição desses produtos, dificilmente terá uma real noção da gravidade para o organismo.

Mas ela explica de forma detalhada e lista quais são os alimentos que podem ser potencialmente cancerígenos por conter essas substâncias.

Como exemplo, ela cita a carne processada, que segundo a IARC (Agência Intergovernamental de Condução e Coordenação de Pesquisa sobre causas do câncer), o consumo desse tipo de produto aumenta o risco de câncer colorretal e demais tipos de câncer.

Acrilamida ("Cuidado com as frituras"): Paula Pratti alerta que essa substância é produzida pela reação entre açúcares e aminoácidos nos alimentos (Reação de Maillard), quando aquecidos acima de 120ºC. "Elas estão presentes em alimentos como chips, biscoitos, cereais matinais e café solúvel", avisa.

Aflotoxinas: micotoxina produzida pelo fungo Aspergillus. "Pode estar presente no amendoim, feijão, trigo, arroz e tem relação com o aumento do risco de câncer de fígado", alerta a nutricionistas oncológica.

Com relação ao arroz e feijão, ela explica: "Você não precisa passar fome. Só escolher grãos (arroz e feijão) que já venham embalados individualmente e não sejam comprados a granel. Esse tem maior controle de qualidade da indústria."

Veja mais!

Alimentos que parecem saudáveis, mas não são: veja 7 itens para tomar cuidado!

Ciência desvenda flavonoide promissor no combate a diversos tipos de câncer e essa é a lista de alimentos!

Temas relacionados