• Entrar
  • Cadastrar
"O mais importante é o arroz e não o peixe", explica mestre em comida asiática de famoso restaurante japonês do Rio de Janeiro

Você sabia que o arroz é mais importante para os chefs de culinária oriental do que próprio peixe? Veja essa e mais dicas sobre o tema!

Veja 3 dicas de ouro dadas por mestre em culinária asiática (Foto: Reprodução Instagram @menandrorodrigues/Shutterstock)

A culinária japonesa está cada vez mais popular no Brasil: com diferentes pratos, ela conquista pelo sabor marcante e único e tem os peixes como principal destaque. Mas será que essa também é a opinião de chef? De acordo com o mestre em comida asiática Menandro Rodrigues, do famoso Haru Sushi, no Rio de Janeiro, não é bem assim.

“Pra culinária japonesa, o prato principal é o arroz, aceita que dói menos, não é o peixe. O arroz é o item principal, é o que a gente mais se preocupa, é o que a gente tem mais cuidado, é onde a mão do chefe fala, é onde o tempero da casa grita e ele tem que estar impecável”, garantiu ao participar do podcast Criatividade Elástica.

Chef dá dicas para preparar peixes e pratos asiáticos em casa

Além da importância de um arroz de qualidade, o chef contou outras duas dicas importantes para amantes da culinária asiática. “Se você for comprar peixe para ‘brincar’ em casa, pra fazer alguma coisa em casa, vai no peixeiro e pede pra ele limpar o peixe na sua frente, porque a probabilidade dele te enganar é grande”, alertou Menandro.

Segundo o chef, diferentes espécies de faixas de preço diferentes são muito parecidas. “Se você não pega um peixe e abre na frente, existem dezenas, centenas de peixes com características semelhantes. Às vezes você tá comprando um peixe nobre e tá levando um peixinho simples, porque eles se parecem”, afirmou.

Faca é equipamento fundamental para cozinhar bem

Outro passo importante para quem quer se aventurar em preparos com peixe em casa é ter os equipamentos adequados. “Pra alguém que tá fazendo em casa, ter uma boa faca é legal e também ter algumas coisinhas simples, como uma chaira ou um equipamento que você compra para dar uma afiadinha na sua faca de uma forma correta”, disse o especialista.

“A faca para o cozinheiro é fundamental. A faca mal afiada, mal amolada vai destruir, é que vai cortar o dedo… Em vez de escorregar, você vai ter que fazer força”, indicou Menandro. Sabia dessas três dicas de ouro relacionadas à culinária japonesa e asiática? Acompanhe no TudoGostoso mais dicas desse universo!

Veja mais:

- Panqueca japonesa tão fofinha quanto uma nuvem: vem aprender a receita fácil para o café da manhã;

- Com este truque infalível, você vai fazer shimeji na manteiga igual de restaurante japonês.

Temas relacionados