• Entrar
  • Cadastrar
3 truques da minha avó para fazer um molho de tomate caseiro sensacional, você nunca mais vai comprar no mercado

Separamos 3 dicas para você arrasar na receita do molho de tomate caseiro. 

3 truques para preparar molho tomate de caseiro perfeito. (c´reditos: Shutterstock)

O molho de tomate é um dos preparos mais tradicionais da culinária. Versátil e muito saboroso, ele pode ser usado como complemento de diversas receitas, como massas, lasanhas, panquecas ou até mesmo como base para pizzas. Embora você consiga facilmente encontrar várias opções de molhos de tomate no supermercado, a verdade é que nada se compara a versão caseira. Além de ser bem mais saboroso e encorpado, a receita tem a vantagem de ser uma alternativa saudável, já que é feita com ingredientes naturais e livre de qualquer aditivo conservante.

Para te ajudar a preparar o molho de tomate perfeito, nós separamos 3 dicas infalíveis que fazem toda a diferença no resultado final. Confira!

Dica 1: escolha tomates maduros, vermelhos e bem firmes

O primeiro passo para preparar um molho de tomate caseiro perfeito é escolher bem os ingredientes. O tomate, por exemplo, precisa estar maduro, vermelho e firme. A melhor opção para molhos é o italiano. Ele tem menos sementes e é mais carnudo, o que ajuda a deixar o preparo mais encorpado e com um sabor suave.

Além do tomate italiano, você também pode usar o débora. Ele é carnudo e tem a vantagem de ser um pouco mais barato que o italiano. Por isso, muitas pessoas usam esse tipo para preparar molho de tomate caseiro. O único problema do débora é que ele tem mais sementes e, consequentemente, tende a ser mais ácido. Para não transferir essa acidez para o molho, uma dica é usar o tomate sem casca e sem sementes.

Dica 2: cozinhe o molho em fogo baixo

O molho de tomate deve ser sempre cozinhado em fogo baixo. Por isso, assim que a mistura levantar fervura, abaixe o fogo e deixe a cozinhar por, pelo menos, 2 horas com a panela destampada, mexendo de vez em quando. O cozimento longo intensifica os sabores dos temperos e deixa o preparo com uma textura mais encorpada. Além disso, esse tempo no fogo também ajuda a reduzir a acidez do tomate e deixa o molho com um gosto mais equilibrado. Portanto, tenha paciência, pois aqui a pressa é inimiga da perfeição.

Dica 3: cenoura para reduzir a acidez do molho

Algumas pessoas acrescentam uma pitada de açúcar para o molho não ficar ácido. Entretanto, esse truque é meio perigoso porque, se não for na medida certa, pode deixar o preparo adocicado. Para não correr o risco, uma dica é colocar um pedaço de cenoura descascada antes da fervura. O legume ajuda a equilibrar o sabor do molho sem alterar o seu gosto. Assim que a cenoura estiver macia, é só retirá-la da mistura.

Você também tem a opção de amassar o legume e incorporá-lo no preparo. Esse truque, inclusive, ainda dá uma encorpada no molho e deixa a receita com um sabor mais rico.

Dica extra: prepare o molho em panela de aço inoxidável

A escolha das panelas faz toda a diferença no sabor das receitas que preparamos. Preparos que levam ingredientes alcalinos, como o tomate, devem ser feitos em recipientes de materiais não reativos. Nesse caso, a melhor opção é, sem dúvidas, as panelas de aço inoxidável (inox). Esse material não libera nenhum tipo de resíduo na comida mesmo no fogo alto. Além disso, o inox retém bem o calor, o que acelera o processo de cozimento do molho sem que você precise aumentar o fogo.

Veja também:

Só provando pra entender: molho de tomate caseiro na airfryer fica uma delícia
O melhor macarrão com molho de tomate da sua vida! Chef italiano dá dicas de como deixar o prato ainda mais saboroso

Temas relacionados