• Entrar
  • Cadastrar
Salmão ou tilápia: qual é mais saudável? Nutricionista revela a VERDADE

Qual desses dois peixes traz mais vantagens à saúde? Entenda as principais diferenças e descubra!

Nutricionista revela qual é mais saudável: salmão ou tilápia (Foto: Shutterstock)

O salmão e a tilápia estão entre os peixes mais consumidos: em diferentes receitas, eles aparecem combinados a variados ingredientes que os tornam ainda mais nutritivos e saborosos. Mas em relação ao perfil nutricional de cada um deles, será que algum é mais saudável?

"O salmão é muito mais saudável do que a tilápia; embora tenha um teor de gordura maior do que a tilápia, ele tem mais benefícios para a saúde”, explica a nutricionista Shiza Khan ao “eMediHealth”. A única diferença pertinente entre os dois peixes é o teor de ômega-3. O salmão contém muito mais ácidos graxos ômega-3 do que a tilápia.

Em nosso organismo, o ácido graxo ômega-3 desempenha um papel na redução da inflamação e na melhoria da saúde do coração. Eles melhoram a função dos vasos sanguíneos, reduzem a pressão arterial e, por fim, ajudam a diminuir os níveis de colesterol. A seguir, listamos outros comparativos interessantes entre esses dois peixes.

Tilápia é mais interessante para quem busca perda de peso

Seguir uma dieta rica em proteínas no controle de peso é uma das estratégias mais fáceis e eficazes para controlar o peso. Por isso, consumir alimentos ricos em proteínas, como salmão ou tilápia, pode ser uma maneira mais fácil de perder peso do que restringir calorias ou evitar carboidratos.

Tanto a tilápia quanto o salmão contêm quantidades comparáveis de proteínas. No entanto, o salmão contém 4,4 g de gordura, em comparação com apenas 1,7 g de gordura na tilápia para a mesma quantidade Esse maior teor de gordura também contribui para o maior valor calórico do salmão. Portanto, caso esteja em uma dieta de restrição calórica, a tilápia pode ser uma fonte de proteína melhor.

Salmão é mais indicado para redução do colesterol

Dos dois peixes, o salmão é uma fonte mais rica de ácidos graxos ômega-3, que são potentes agentes anti-inflamatórios. Vários estudos demonstraram que o consumo de ácidos graxos ômega-3 por meio da dieta pode oferecer benefícios como redução do colesterol e prevenção de seu acúmulo nos vasos sanguíneos.

Dessa forma, como o salmão tem um teor mais alto de ácidos graxos ômega-3 do que a tilápia, seu consumo é melhor para o controle do colesterol no sangue.

Ambos os peixes têm benefícios à saúde da tireóide

A glândula tireóide contém a maior quantidade de selênio e produz enzimas que utilizam o selênio. Estudos descobriram que a deficiência de selênio pode diminuir a função da tireóide, o que, em última análise, leva ao desenvolvimento de distúrbios da tireoide, como a doença de Graves e o hipotireoidismo.

Nesses casos, a suplementação com selênio pode evitar a ocorrência de doenças da tireóide, especialmente no caso de doenças autoimunes relacionadas a essa parte do corpo. Tanto o salmão quanto a tilápia contêm quantidades semelhantes de selênio e podem ser incluídos na dieta.

Conheça mais detalhes do perfil nutricional do salmão e da tilápia

Uma porção de 100 g de salmão contém, em média, 127 calorias, 21 g de proteína, 4,4 g de gordura e 46 mg (15% das necessidades diárias) de colesterol.

Além disso, essa quantidade de salmão representa 16% das necessidades diárias de vitamina D e 24% do consumo de vitamina B3 que deve ser feito em um dia. No caso das vitaminas B5 e B6, o consumo de 100g de salmão supre 10% da necessidade diária. Já a vitamina B12, esse percentual é de 66%. Por fim, outro percentual notável é o de selênio: nesta quantidade de salmão, você supre 76% da necessidade diária desse mineral.

De outro lado, temos a tilápia: 100 g desse peixe tem 96 calorias, 20 g de proteína, 1,7 g de gordura e 50 mg (17% da necessidade diária) de colesterol. As vitaminas B3, B5, B6 e B12 têm percentuais equivalentes aos do salmão, bem como o selênio. A principal diferença está, de fato, na quantidade de ômega 3: a tilápia traz 0,16 g a cada 100g, enquanto no salmão essa quantidade é de 0.56 g, quase quatro vezes mais.

Você tem o hábito de consumir algum desses dois peixes em seu dia a dia? Sabia dessas diferenças? No TudoGostoso, você acompanha mais conteúdos sobre alimentação saudável, bem-estar e nutrição.

Veja mais:

- Salmão é a melhor escolha para turbinar sua inteligência: veja como preparar do jeito certo;

- Muito fácil: quem gosta de salmão precisa aprender essa receita na airfryer.

Temas relacionados