• Entrar
  • Cadastrar
Instituição do cafezinho: por que até quem não ama café marca um cafezinho? Viva o Dia Nacional do Café!

O Dia Nacional do Café celebra essa bebida tão amada no Brasil no dia 24 de maio, mas a verdadeira festa do café acontece todos os dias a cada xícara tomada

O simples cafezinho ganhou muitos significados para os brasileiros (Crédito: Shutterstock)

Brasileiro ama café. Ama tanto que pesquisas de órgãos nacionais e internacionais já mostraram que o café é a segunda bebida mais consumida no nosso país, atrás apenas da água. O café é o combustível que mantém dispostos ao longo do dia, a cerimônia após festas com os amigos e preparar o cafezinho perfeito para alguns é até arte. Nós temos até um Dia Nacional do Café, comemorado em 24 de maio. Mas por que essa bebida está tão presente no cotidiano dos brasileiros? Entenda no TudoGostoso como surgiu essa tradição tão comum hoje que virou uma verdadeira “instituição do cafezinho”.

Quando surgiu o hábito de beber café?

O café chegou no Brasil no século 18, primeiro com mudas da planta no Pará, que depois foram para a região sudeste, onde as condições climáticas foram bem mais favoráveis para o plantio. Em pouco tempo a produção de café passou a ter grande importância na economia brasileira, se tornando o principal produto de exportação entre os séculos 19 e 20. Só que, por causa da crise nos Estado Unidos, principal comprador, em 1929, foi necessário mudar a estratégia de venda.

Como consequência, nos anos 50 foi criado o Instituto Brasileiro do Café (IBC) para subsidiar o café e absorver o que não foi exportado no mercado interno. Assim veio também uma política de incentivo ao consumo do café dentro do Brasil. A indústria do grão ainda passou por sufoco com o fim do subsídio e nos anos 90 o IBC acabou oficialmente, mas o fenômeno cultural da “instituição do cafezinho” se manteve firme e aumentou nas décadas mais recentes até se tornar propriamente um hábito bem brasileiro.

O café está presente até em festas e reuniões com os amigos (Crédito: Shutterstock)

Por que o café é tão amado no Brasil?

No Brasil, o café tem múltiplos propósitos. Pode ser usado para acordar de manhã, para fechar um bom almoço, para acompanhar um bolo quentinho no café da tarde ou para estender um encontro com os amigos pela noite. É difícil dizer o motivo para o café ser tão consumido por aqui. As medidas de incentivo e propaganda no século passado são uma explicação, mas a própria tradição é outra. O café ganhou significados em vários momentos do nosso dia até virar costume.

A qualidade do nosso café também tem seu mérito. O Brasil é o maior produtor de café do mundo e não é à toa. A produção brasileira é uma das mais exigentes do planeta e as condições locais criam um grão de café adorado em todo o mundo. Difícil resistir quando temos uma bebida tão boa tão perto, não é? Tudo isso explica porque nos tornamos também o segundo maior consumidor com uma média de 3 a 4 xícaras por dia por cada brasileiro, desde o preferido expresso com um café mais amargo e forte até o mais suave, mas que não fica para trás, café com leite.

Onde o café é produzido no Brasil?

Existem plantações de café em várias partes do país, mas as maiores estão localizadas na região sudeste e no entorno, locais com terreno fértil perfeito para o grão. Minas Gerais é o vencedor em qualidade e quantidade, com mais de 20 milhões de sacas por ano, o que é pouco menos da metade da produção de todo o país. O sul e as matas de Minas, o cerrado mineiro e a Serra da Mantiqueira são as principais regiões.

Em São Paulo, o segundo maior produtor, se destacam as regiões montanhosas da Alta e Média Mogiana, além das cidades de Ourinho e Avaré. As montanhas do Espírito Santo, o Norte Pioneiro do Paraná, a Chapada Diamantina na Bahia e o noroeste do Rio de Janeiro são outros locais de destaque. Os tipos de grãos de café mais cultivados aqui são a arábica e a robusta.

Veja mais:
Café causa hipertensão? Existe uma quantidade saudável de cafeína por dia? Nutricionista explica!
Pode armazenar o café na geladeira? Saiba o local certo para guardá-lo!
Qual a diferença do café feito na cafeteira italiana? Pode usar café comum? Entenda como funciona no TudoGostoso!

Temas relacionados