• Entrar
  • Cadastrar
Entenda por que você não deve adicionar banana em vitaminas de frutas, segundo a ciência

Misturar banana com frutas vermelhas no preparo de vitaminas e smoothies reduz a absorção dos nutrientes da bebida pelo organismo. 

Entenda porque combinar banana e frutas vermelhas na vitamina não é uma boa ideia. (créditos: Shutterstock) 

Vitaminas e smoothies são uma ótima maneira de aproveitar os nutrientes das frutas. Porém, dependendo da combinação dos ingredientes, a bebida pode não ser tão benéfica assim. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela Universidade da Califórnia Davis (UCD), nos Estados Unidos, a banana possui enzimas que neutralizam os antioxidantes das frutas vermelhas. A mistura não afeta o sabor ou a qualidade do preparo, mas reduz significativamente o seu valor nutricional.

Veja a seguir por que isso acontece e quais são as melhores combinações de frutas para vitaminas e outros tipos de bebidas.

Banana inibe o metabolismo dos antioxidantes das frutas vermelhas

As frutas vermelhas são poderosas fontes de flavonóis, antioxidantes que oferecem uma série de benefícios para a saúde. Além de combater os radicais livres, eles melhoram a saúde cardiovascular e as funções cognitivas. Esses compostos são encontrados em maior concentração em frutas como maçãs, peras, mirtilos, uvas, amoras, framboesa, entre outras. Por isso, vitaminas feitas com esses alimentos costumam ser bastante nutritivas, a não ser que você adicione a banana.

Segundo o estudo, a banana prejudica a absorção de flavonóis pelo organismo após a ingestão das vitaminas. Isso acontece por causa da polifenoloxidase (PPO), uma enzina presente na fruta que prejudica o processamento de flavonóis pelo corpo. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores pediram que um grupo de pessoas bebesse uma vitamina de frutas vermelhas com banana. Enquanto isso, os outros participantes tomaram apenas uma capsula de flavanol sem consumir nada com banana.

Após o consumo da vitamina e da cápsula, os pesquisadores colheram amostras de sangue e urina dos voluntários e descobriram que a quantidade de flavonóis presente no corpo daqueles que beberam a vitamina com banana era bem menor. Comparado com o grupo que ingeriu apenas a capsula, os níveis de flavonóis de quem consumiu a bebida eram 84% mais baixos.

A pesquisa, então, concluiu que essa diferença se deu justamente pela presença da PPO nas bananas, que afeta o metabolismo dos flavonóis no organismo e reduz a sua absorção pelo estômago.

Quais as melhores combinações para o preparo de vitaminas de frutas vermelhas?

De acordo com os pesquisadores, o estudo mostra como certas combinações de alimentos podem afetar o valor nutricional das receitas. No caso das vitaminas de frutas vermelhas, o ideal é prepará-las com ingredientes que não possuam a enzima PPO, como é o caso do abacaxi, laranja, manga e iogurte. Já a banana e outros alimentos que contêm a enzima - como a beterraba - devem ser evitadas para não reduzir o teor de antioxidante da bebida. O mesmo vale para outros tipos de bebidas, como sucos e chás.

Agora, se você gosta de adicionar banana na sua vitamina de frutas vermelhas, não tem problema. Só tenha em mente que a bebida perde um pouco do seu valor nutricional por conta da atividade da PPO nos antioxidantes.

Veja também:

Vitaminas de frutas: 10 receitas para arrasar no verão
5 frutas ricas em vitamina C

Temas relacionados