• Entrar
  • Cadastrar
É doce ou não é? Conheça a confeiteira que foi parar no SBT por 'confundir' a web com bolos surreais

Com mais de 15 milhões de seguidores, confeiteira viraliza nas redes sociais por bolos diferentões e tão realistas que nem parecem de verdade. 

Bolos realistas de Vivi Cake viralizaram nas redes sociais (Foto: Reprodução Instagram @vivicake.real/ Divulgação VH Assessoria)

O bolo é uma paixão nacional! Seja em receitas mais tradicionais e com gostinho de casa de vó, seja naquelas mais saudáveis e com um quê fitness, é difícil encontrar quem não goste de ter um bolinho incluído no cardápio… E com as redes sociais, um novo tipo de bolo vem ganhando fama: os bolos realistas.

Ao deslizar pelo feed, você já ficou impressionado com algum bolo que parecia ser uma bolsa, um sapato, uma colher de pau, mas na verdade era… a sobremesa? Então provavelmente você já deparou com uma ‘obra de arte’ de Vivi Cake (@vivicake.real).

A influenciadora soma mais de 15 milhões em diferentes redes sociais. Por lá, ela transforma o bolo em diferentes objetos ou mesmo alimentos ou objetos e deixam a dúvida: ‘é doce ou não é?’.

Bolo em formato de castelo de areia já foi feito por Vivi Cake (Foto: Divulgação/VH Assessoria)

A popularidade de Vivi nas redes sociais chamou a atenção do SBT e de Eliana e ela foi parar no programa dominical da apresentadora, com um quadro próprio, o “É Doce ou Não É”. Natural do Paraná, Vivi Cake tem 34 anos, agora mora em São Paulo e viu o início dessa transformação em março de 2021.

“Eu gosto de dizer que fui escolhida por esse mundo. Publiquei um vídeo com um pedaço de carne crua, que na verdade era bolo. Tiveram várias curtidas. No entanto, um tempo depois, postei um bolo em formato de coxinha e desde então nunca parei”, conta.

Paranaense tem história de longa data com a confeitaria

E se hoje são as “obras de arte” comestíveis de Vivi que roubam a cena - famosos como Rodrigo Hilbert e Gabriela Prioli também já conheceram ao vivo o trabalho da influenciadora -, o começo da paranaense na confeitaria foi diferente, bem mais tradicional e para se livrar de um aperto nas contas.

Peito de frango, laranja e queijo? Que nada, Vivi Cake fez bolo realista que imita esses alimentos! (Foto: Divulgação/VH Assessoria)

"Há quase 10 anos, durante uma crise financeira, fiz alguns bolos de pote para vender e complementar a renda", afirma Vivi. As vendas se multiplicaram e os bolos confeitados começaram a surgir nas encomendas.

Mas aparecia também um novo desafio: ela não sabia confeitar bolos. "Como não sabia fazer e nem confeitar, recorri ao Google. Eu não tinha base nenhuma para decorar bolos, comecei pesquisar na internet e já me deparei com a pasta americana. Comecei a fazer tentativa e erro, sem curso nenhum. Aprendi errando, fui tentando modelar alguns personagens, cobrir o bolo com pasta americana, estruturar para dar tudo certo. Nunca desisti. Depois, fui me apaixonando pela área", detalha.



Vivi Cake conta qual é a parte mais difícil dos bolos realistas

A apresentadora do SBT conta que ainda que, em nível de dificuldade, cada bolo é único e tem sua particularidade. “O mais difícil é a estrutura. A decoração é pesada, feita com pasta americana, então o bolo tem que suportar ela em cima sem desabar”, aponta.

Questionada sobre qual obra de arte foi mais difícil de fazer, ela conta que foi um elefante. "Devia ter uns 70 centímetros de altura, e todo o corpinho dele se sustentava apenas nas quatro patas. Passei uma semana fazendo”, finaliza.

Temas relacionados