• Entrar
  • Cadastrar
Por que a Finlândia é o país mais feliz do mundo? Entenda o que tem de especial lá e qual é o lugar do Brasil no ranking de felicidade

Descubra o que a Finlândia tem que o Brasil não tem a ponto de colocar o país nórdico no topo dos países mais felizes do mundo mais de uma vez

A média de felicidade da população finlandesa é a mais alta do mundo (Créditos: Shutterstock)

Dizem que o povo brasileiro é alegre e nunca se deixa abalar por nada. Afinal, brasileiro ama uma festa de Ano Novo, um bloquinho de Carnaval e não para nem na hora de comemorar a Páscoa. Mas você pode ficar surpreso em saber que o Brasil não é o país mais feliz do mundo (e não está nem no top 10!).

O ranking anual do Relatório Mundial da Felicidade (World Happiness Report) colocou a Finlândia em primeiro lugar. E não foi nem a primeira vez: o país europeu está no topo por sete anos consecutivos. Mas qual seria o motivo da alegria de tantos finlandeses? O TudoGostoso explica por que a Finlândia é o país mais feliz do mundo e o que tem de tão especial lá que outros países como o Brasil não têm.

Quem escolhe o país mais feliz do mundo?

O ranking de felicidade que colocou a Finlândia é realizado pela empresa Gallup em parceria com a Universidade de Oxford e a ONU. A ideia é entender a percepção da população sobre a qualidade de vida em seus próprios países. O conceito de “felicidade” é bem subjetivo e a pesquisa perguntou diretamente aos moradores de cada país e fez uma média das respostas. As pessoas que participaram da votação precisavam fazer uma avaliação da vida naquele país e determinar o quanto eram feliz, em uma nota de 0 a 10.

Na média final, a Finlândia ganhou ao marcar 7,741 pontos. Para ter uma ideia, o último lugar do ranking com 143 países foi para o Afeganistão, com uma nota de 1,721. E onde entra o Brasil nessa média? O país pode ser um dos melhores destinos para viajar, mas em termos de felicidade da população, em 2024, o Brasil ficou em 44º lugar, com uma nota de 6,272, uma subida do ranking anterior, que em 2023 o país ficou em 49º, a pior colocação registrada. O melhor resultado do Brasil foi o 16º lugar em 2016, ano de Olimpíadas, com nota de 6,952.

O estudo é realizado desde 2013, com alguns intervalos entre as primeiras edições. Há 7 anos a Finlândia é invicta em primeiro lugar, com a Dinamarca logo atrás na maioria das vezes. Nas primeiras edições, em 2013 e 2016, a Dinamarca era o país mais feliz do mundo. Em 2017, a Noruega chegou ao 1º lugar. E a partir de 2018 a Finlândia não perdeu mais. Mas como a Finlândia chegou nesse ponto?

Por que a Finlândia é o país mais feliz do mundo?

Os critérios de cada pessoa na avaliação de vida podem ser subjetivos, mas o estudo tenta trazer a explicação a partir de vários critérios, como renda per capita, apoio social, expectativa de vida, liberdade de escolhas, generosidade e percepção de corrupção. Nesses índices conhecidos, a Finlândia se destaca principalmente no apoio social, na liberdade e na ausência de corrupção.

A Finlândia tem saúde e educação de qualidade e com acesso gratuito. A falta de casos de corrupção e o apoio do governo em programas sociais também aumentam a confiança dos finlandeses nas instituições para dar mais qualidade de vida para eles. A própria noção de felicidade e de sucesso é diferente lá em comparação com outros países como os Estados Unidos. Em vez de buscar mais dinheiro ou um avanço na carreira, para os finlandeses é mais importante ter um bom equilíbrio entre trabalho e vida privada.

A Finlândia é um país relativamente pequeno quando comparamos com muitos outros e as cidades em geral são bem próximas da natureza. Tanto é que os países mais populosos do mundo, muitos que tem cidades grandes e movimentadas, com problemas como falta de moradia acessível, trânsito e alta competitividade, ficam de fora do topo do ranking. Entre os 10 primeiros, por exemplo, a maior população é da Holanda, com 15 milhões de habitantes. Ou seja, as condições sociais, culturais e geográficas influenciam nessa percepção de felicidade e a Finlândia é o país que conseguiu o melhor equilíbrio entre tudo.

Veja mais:
Ama chocolate? Conheça os principais destinos do Brasil para quem não resiste a essa iguaria
É na Europa ou no Nordeste? A cidade chamada de "Suíça baiana" tem reserva florestal, clima agradável e mais de 100 tipos de biscoito de polvilho
Cidade chamada de ‘Orlando brasileira’ tem parques temáticos de sobra e diversão para todas as idades

Temas relacionados