• Entrar
  • Cadastrar
Polêmica: corante em alimentos pode danificar DNA ou não? Veja o que a Anvisa tem a dizer!

Substância usada como corante em alimentos ultraprocessados é proibido na Europa desde 2021

Estudos apontam riscos do dióxido de titânio, corante usado na indústria alimentícia, para a saúde! (Créditos: Shutterstock)

Os corantes estão presentes na alimentação dos brasileiros de diversas formas, principalmente na produção de ultraprocessados. Um dos mais utilizados é o dióxido de titânio, um pó branco que é misturado aos alimentos para garantir a coloração artificial e que já está em uso há décadas. No entanto, desde 2021 que a substância é proibida na União Europeia por seu potencial de alterar o material genético de seres humanos.

Estudos apontam que o dióxido de titânio pode causar danos nos cromossomos, nos testículos e espermatozóides, e ainda desregular o sistema imunológico. Dados também mostram que o aditivo pode se acumular no organismo, já que foram encontradas partículas no fígado, rim, baço e tecidos intestinais de cadáveres. Apesar disso tudo, o uso do dióxido de titânico no Brasil é liberado sem nenhum tipo de restrição, o que permite que as indústrias utilizem altas quantidades e não informem aos consumidores, visto que é considerado um segredo industrial.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) reconheceu há cerca de 2 anos que, de fato, existem evidências de que deve ser adotadas medidas restritivas sobre o uso do dióxido de titânio nos alimentos em vez de ser usado sem moderação. Essa reavaliação sobre os perigos da substância entrou em pauta com previsão de acontecer até o final deste ano, 2023. Contudo, a assessoria do órgão informou em uma nota liberada em junho que a discussão está adiada e que não há uma data para ser retomada.

Quais são os alimentos que possuem dióxido de titânio?

Como a gente disse antes, o dióxido de titânio pode ser encontrado em alimentos ultraprocessados como balas, chicletes, bebidas não-alcóolicas, sucos em pó, gelatinas, margarinas, sopas, caldos, requeijão, pães, queijos e muito mais. Ele também bem pode ser facilmente encontrado à venda na internet de forma legal e por um preço bem baixo.

Como substituir o corante nas receitas caseiras?

É claro que existem formas mais naturais de fornecer cores mais vivas aos pratos, principalmente quando o assunto é confeitaria. Recentemente, com o lançamento do filme da Barbie, as comidas cor-de-rosa estavam em alta para combinar com a boneca queridinha, e é claro que muitas delas usavam corante artificial.

Aqui mesmo no TudoGostoso nós ensinamos como usar corantes naturais, como é o caso da beterraba e o seu suco, que é um excelente ingrediente para dar o tom rosa às comidas. Aliás, você sabia que o famoso bolo red velvet pode ser feito usando a água do cozimento da beterraba para chegar à cor certa? E não precisa se preocupar porque não fica com sabor, não! Outras frutas como morango, manga e mirtilo são ótimas para conferir cores vivas às sobremesas.

Temas relacionados