• Entrar
  • Cadastrar
Talvez você nunca mais coma sushi depois de ver esse vídeo

Essa revelação feita por nutricionista pode abalar sua paixão por comida japonesa e outros pratos com peixe cru. Entenda!

Comida japonesa: faz mal comer peixe cru? Veja alerta sobre parasitose feito por nutricionista (Foto: Shutterstock)

Comer peixe cru é saudável ou não? Esse hábito divide opiniões e vive sendo alvo de estudos e até mesmo manchetes de jornais - em setembro de 2023, uma americana teve membros amputados após intoxicação muito por comer tilápia mal-passada. Outra doença relacionada ao consumo de peixe cru é a Anisaquíase, detalhada pela nutricionista Mirela Monteiro.

Ela é transmitida por um parasita conhecido como “verme do sushi”. “A anisaquíase é uma parasitose intestinal causada por vermes nemátodes do gênero Anisakis. Esses parasitas podem estar presentes em peixes e frutos do mar que são consumidos crus”, explicou.

Segundo a especialista, três diferentes espécies são responsáveis pela Anisaquíase: Anisakis simplex, Anisakis physeteris e Pseudoterranova decipiens. No vídeo abaixo, eles aparecem sendo retirados de filés de salmão com uma pinça: repare que só com a luz negra é possível ver os parasitas.

Verme do sushi: quais alimentos têm mais chance de estarem contaminados?

A nutricionista destaca que essa verminose é rara no Brasil, mas a crescente demanda de consumo por pratos à base de peixe cru ou mal cozidos fez ela se tornar mais frequente. “Os alimentos com maior probabilidade de contaminação são: sushis e sashimis, ceviches, salmão defumado e carpaccios de salmão”, listou.

Como se prevenir, então, desta verminose? “Busque consumir peixes cozidos a uma temperatura de 70°C ou consumir peixes crus que tenham sido congelados a -20°C por 72 horas ou a -35°C por 24 horas”, explicou a especialista.

Quais cuidados são necessários ao comer peixe cru?

Para garantir que sua carne de peixe seja realmente saudável para consumir crua, é necessário que você conheça a origem do alimento, sabendo que ele passou pelos cuidados adequados de armazenamento e transporte. Escolher pescados que apresentem o selo do SIF (Serviço de Inspeção Federal) é um cuidado importante.

Em restaurantes, fique atento à manipulação correta do alimento e ao armazenamento dele. Caso vá comprar no mercado para preparar algum prato em casa, vale ficar de olho em dois importantes aspectos: a textura da carne deve ser firme e brilhante e não apresentar um odor desagradável. Com essas orientações, é possível manter seus hábitos alimentares sem fazer restrições indesejadas!

Veja mais:

- Esse é o benefício mais importante de adicionar limão no peixe

- Qual o tipo de faca ideal para cortar sushi e sashimi?

Temas relacionados