• Entrar
  • Cadastrar
Arraial de Nazaré 2023 terá gastronomia, artesanato, parque de diversões e mais!

Confira o que terá no Arraial Nazaré 2023 e programa-se para aproveitar!

Parque de Diversões terá brinquedos diversos e funcionará até dia 26 de novembro. (Foto: Paula Sampaio - Tecnocirio)

Faltam poucos dias para o lançamento oficial do Arraial 2023 do Círio de Nazaré, uma das partes mais tradicionais do grande evento religioso que acontece em Belém, no Pará. Além de barracas de artesanatos e comidas, um dos destaques é o parque de diversões que marca presença pela 30ª vez no Círio. O lançamento do Arraial está previsto para o dia 21 de setembro em Bom Pastor e Casa de Plácido e a abertura do Arraial no estacionamento da Basílica para o dia 29 do mesmo mês.

Arraial terá cerca de 70 barracas

Aqueles que gostam de feira de rua vão aproveitar a programação do Arraial que, neste ano, terá aproximadamente 70 barracas comercializando itens diversos, como comidas, artesanatos, artigos religiosos, brinquedos, miriti e bijuterias. Ao todo, serão mais de 100 permissionários que ajudarão na construção da festa, além do apoio do Sebrae aos comerciantes.

Parque de Diversões funcionará até novembro

Como já é esperado pela comunidade, o Parque Ita Center Park marcará presença. A atração estará completa, com todos os brinquedos tradicionais, como Autopista, Booster, Crazy Dance, Evolution, Kataclisma, King Loop, Freestyle, Trenó Fantasma, Roda Panorâmica, Montanha-russa e os brinquedos infantis.

“Em 32 anos, esta será a 30ª vez que o parque participa do Círio de Nazaré. Os únicos momentos que não tivemos a montagem do parque foi durante a pandemia, em 2020 e 2021”, conta o diretor de arraial e arrecadação, Albano Martins.

Fora da quadra nazarena, o parque vai funcionar de 16 às 22h, de segunda a quinta, e de 16 às 22h30, na sexta, sábado e domingo. E durante a quadra nazarena, de 8 a 22 de outubro, o horário será de 16 às 23h. O encerramento do parque será no dia 26 de novembro.

Carrossel será uma dos brinquedos infantis do Arraial Nazaré. (Foto: Paula Sampaio - Tecnocirio)

Arraial de Nazaré começou como feira agrícola

O Arraial de Nazaré é uma tradição que começou na primeira edição do Círio de Nazaré, em 1793. Na época, consistia em uma grande feira de produtos agrícolas. O Arraial começou a ser chamado desta forma em virtude da construção das casas em volta da ermida de Plácido após o achado da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, aproveitando-se do grande fluxo de peregrinos que passou a ocorrer desde então.

As primeiras festas de Nazaré eram realizadas no mês de setembro, época do verão amazônico, quando a intensidade de chuvas diminui. Para a realização do primeiro Círio, o governador organizou uma grande feira de produtos agrícolas vindos de diversos municípios, até mesmo providenciando transporte de pessoas e mercadorias pelos rios de lugares distantes de Belém.

Segundo pesquisadores e historiadores, no início era realizado em frente à Basílica, onde hoje está situada a Praça Santuário de Nazaré, antes chamada de Conjunto Arquitetônico de Nazaré (CAN). No entanto, com o passar do tempo, mudou de lugar e se aprimorou. Passou a ser formado por uma série de brinquedos direcionados para o divertimento dos fiéis, além de barracas de venda de artesanato, comidas típicas e outros produtos industrializados.

No entanto, o funcionamento do arraial nazareno no século XIX não se resumia à mera exposição e venda de “produtos regionais”. Além das barracas fixas, a movimentação do público era acompanhada pelo comércio ambulante, por jogos, pelas danças coletivas negras, indígenas (lundum, chorado, cateretê, dança do bagre, mandu-sarará e bambiá) e europeias (dança das saloias e dança das camponesas), pelas apresentações musicais (normalmente apresentações de bandas) e teatrais.

Veja mais:

Tudo sobre Círio de Nazaré: a maior festa religiosa do Brasil é Patrimônio Cultural da Humanidade e atrai milhões de pessoas

Temas relacionados