• Entrar
  • Cadastrar
Tomate na geladeira? É isso que acontece com a fruta quando você armazena do jeito errado, segundo biomédico

Entenda o que acontece com esse alimento superpopular quando é armazenado incorretamente na geladeira 

O tomate não pode ser guardado na geladeira, garante especialista (Foto: Shutterstock)

Repleto de benefícios, o tomate é uma das hortaliças mais consumidas em território brasileiro: estima-se que cada pessoa consuma, em média, 4,2 kg desse fruto por ano. Entretanto, muitos desses consumidores acabam cometendo um erro muito comum com o ingrediente: colocá-lo na geladeira.

Biomédico de microbiotécnica com especialização em Saúde Pública, Roberto Martins Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, explica que o alimento acaba correndo mais risco ao ser armazenado no eletrodoméstico.

“Onde é que você compra o tomate na feira? Tá na geladeira, na refrigeração? Não. Então por que você põe na geladeira? Se você botar na geladeira ele estraga mais rápido. O lugar do tomate é fora da geladeira”, garantiu ao “Band Receitas”.

Estudo confirma mudança de sabor do tomate ao ser exposto ao frio da geladeira

Pesquisadores da Universidade da Flórida confirmaram através de estudos que quando tomates são mantidos a uma temperatura inferior a 12ºC, eles têm seus compostos orgânicos voláteis completamente afetados e, por isso, acabam mudando completamente de sabor.

De acordo com os cientistas, três elementos nutricionais do tomate são fundamentais para definir o sabor deste fruto: açúcares, ácidos e compostos voláteis, principais responsáveis pelo aroma. Os dois primeiros não são tão afetados pelo armazenamento na geladeira, mas o terceiro acaba se perdendo: é por isso que tomates guardados fora da geladeira ficam com aroma mais intenso e apetitoso.

E sabia que a geladeira compromete até mesmo o DNA dos tomates? Esse mesmo estudo apontou que a temperatura baixa o controle celular sobre os genes que se ligam e desligam, o que pode resultar em um alimento menos saboroso.

Quanto tempo dura o tomate?

O prazo de validade do tomate depende de diferentes fatores, como o uso ou não de agrotóxicos, o tipo de colheita, as condições de armazenamento no local da venda e também em casa.

Por ter uma casca bastante delicada, qualquer amassado, furo ou lesão nela acaba contribuindo para que ele estrague mais rapidamente, uma vez que aumentam o contato do fruto com ar e umidade e podem se tornar o acesso mais fácil para insetos e microrganismos patogênicos.

Ao ser mantido em temperatura ambiente, o tomate deve ser consumido em até sete dias para que tenha a mesma cor, firmeza e sabor de quando foi comprado. Sabia de todas essas dicas sobre o armazenamento correto desse fruto?!

Veja mais:

- Suco de tomate mata Salmonela: é mito ou verdade?

- Descubra o que acontece ao comer as sementes do tomate.

Temas relacionados