• Entrar
  • Cadastrar
Dá para emagrecer comendo doce? 8 dicas PRÁTICAS de endocrinologista para salvar a sobremesa na dieta

Endocrinologista lista oito pontos de atenção na alimentação para quem quer manter os doces na dieta e perder medidas. Vem ver!

8 dicas de especialista para manter o emagrecimento diante dos doces (Foto: Shutterstock)

Muitas vezes, uma dieta de perda de peso restrita elimina qualquer tipo de doce do dia a dia, mas acaba se tornando desanimadora e insustentável a longo prazo. "A restrição extrema pode levar a episódios de compulsão alimentar e, eventualmente, à desistência da dieta", orienta a Dra. Thais Mussi, endocrinologista e metabologista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

E qual é a melhor forma de emagrecer sem deixar os doces de lado? “A chave para incorporar doces em uma dieta de emagrecimento é o controle de porções. Em vez de mergulhar uma colher inteira no pote do seu doce favorito, sirva uma pequena quantidade. Use-a como cobertura em panquecas integrais, waffles ou frutas, para aproveitar o sabor sem exagerar nas calorias", explica a médica.

Por isso, que tal aprender com a endocrinologista algumas dicas práticas para guardar na memória e lembrar sempre que bater aquela vontade de comer docinho?

1 - Fique atento ao total de calorias do dia

Segundo a médica, é importante monitorar sua ingestão calórica total. "Se você planeja comer doce, certifique-se de que isso se encaixe em seu plano diário de calorias e nutrientes. Se você sabe que terá um doce, ajuste suas outras refeições para adicioná-lo sem qualquer prejuízo", ensina.

2 - Horários não são regra, mas podem ajudar

"Não há um horário específico ideal para comer doces, mas, pela lógica, de manhã é mais interessante, porque você teria o resto do dia para 'gastar' essas calorias", reflete a endocrinologista.

Segundo a Dra. Thais, também é interessante o cuidado de maneirar no doce à noite. "Alimentos ricos em açúcar antes de dormir podem levar a flutuações de açúcar no sangue e interferir na qualidade do sono", avalia.

3 - Não isole os docinhos

Outra estratégia de consumo inteligente sugerida pela Dra. Thais é comer os doces como parte de uma refeição, em vez de um lanche isolado. "Isso pode ajudar a reduzir picos de glicose no sangue, pois a presença de outros nutrientes, como proteínas e fibras, pode retardar a absorção de açúcar", aponta.

4 - Faça substituições inteligentes

Também é importante trocar ingredientes ricos em açúcares simples por opções mais nutritivas, como frutas frescas, chocolate amargo e diminuir, assim, os ultraprocessados. "Essas substituições podem fornecer fibras, vitaminas e minerais adicionais, enquanto reduzem a ingestão de açúcares refinados e calorias vazias (como refrigerantes, balas e salgadinhos)", indica a especialista.

5 - Associe os doces à rotina de treinos

Um bom exemplo de doce que pode ser um pré-treino de qualidade é o doce de leite. "Consumir carboidratos simples, como doces, antes da atividade física pode fornecer uma fonte rápida de energia. No entanto, o momento exato depende da preferência individual e do tipo e intensidade da atividade", responde a Dra. Thais.

6 - Faça dos cereais seus aliados na ingestão de açúcar

Muitas vezes, a busca por doce vem de uma necessidade de sentir saciedade: a aveia misturada a frutas pode ajudar a alcançar o estado de satisfação. "Misturar frutas com aveia pode ser uma opção saudável, pois combina carboidratos complexos, fibras, vitaminas e minerais. A aveia fornece fibras solúveis que ajudam a regular o açúcar no sangue e a promover a saciedade", sinaliza.

7 - Escolha o tipo de açúcar do doce

A endocrinologista ainda sinaliza sobre a importância de trocar o açúcar refinado por opções menos processadas, como demerara ou mascavo.

"Tanto o açúcar mascavo ou demerara, quanto o açúcar refinado fornecem calorias, mas o açúcar bruto pode conter pequenas quantidades de nutrientes, como minerais e antioxidantes, que são perdidos no refinamento", informa a metabologista.

8 - Prefira doces caseiros e dispense industrializados

A Dra. Thais finaliza explicando que existem, sim, doces melhores e piores para quem está querendo emagrecer. "Os doces com menor teor de açúcar, gordura saturada e calorias são geralmente as melhores escolhas para quem está querendo emagrecer", sugere.

Nesta lista estão: frutas frescas, chocolates amargos com alto teor de cacau e sobremesas caseiras feitas com ingredientes mais saudáveis, como adoçantes naturais e farinhas integrais. "Optar por porções menores e saborear os doces com moderação é fundamental para um emagrecimento saudável", finaliza a médica.

Vai adotar alguma dessas dicas? No TudoGostoso, você encontra diferentes conteúdos sobre bem-estar e alimentação saudável.

Veja mais:

- Chá para acabar com a barriga inchada: receita tem limão e apenas outros dois ingredientes e é ideal para emagrecer e desintoxicar;

- Dá pra emagrecer com inteligência artificial? Saiba como ChatGPT e outros podem ser DECISIVOS nas suas escolhas;

- O que é o amido resistente e como ele pode te ajudar a emagrecer? Vem descobrir!

Temas relacionados