• Entrar
  • Cadastrar
Café com cocô de animal é raro e caríssimo: quilo da iguaria pode chegar a R$ 15 mil

Grãos de café ganham novas camadas de aroma após passarem por trato digestório da civeta, animal comum na Indonésia. Você tomaria?

Café de civeta é caro e tem produção controversa por causa de práticas cruéis contra o animal. (Crédito: Shutterstock)

Um dos tipos de café mais caros, raros e apreciados do mundo é produzido a partir das fezes de um animal, sabia disso? Trata-se do Kopi Luwak, que é conhecido como café de civeta. Produzido na Indonésia, a iguaria pode chegar a aproximadamente R$ 15 mil por quilo.

A civeta é pouco conhecida aqui no Brasil por ser um animal característico da Ásia e África. Eles são mamíferos pequenos de hábitos noturnos.

Como se faz o 'café com cocô'?

A produção da bebida se dá a partir da ingestão do fruto do café pela civeta, que depois libera os grãos em suas fezes. Apesar de parecer nojento, o processo é fundamental para dar o gosto tão apreciado deste tipo de café, que adquire mais complexidade quando os grãos passam pelo trato digestório do animal e são bombardeados de enzimas.

Civeta é o mamífero que possibilita grãos de café ganharem mais complexidade. (Crédito: Shutterstock)

Café polêmico: mau-tratos aos animais?

A produção do café de civeta, porém, é controversa por causa de práticas cruéis contra os pequenos mamíferos. Para aumentar as safras, os produtores capturam os animais e impedem que eles pratiquem os hábitos noturnos da espécie. Trancados em gaiolas, eles também sofrem com machucados nas patas. Outro fator prejudicial à saúde dos bichos é a falta de uma dieta balanceada. Aprisionados, eles não conseguem diversificar os alimentos que consomem, já que lhes são oferecidos apenas os grãos de café.

Contudo, há empresas certificadas que levam a sério a saúde das civetas. É o caso da marca Gayo Kopi Luwak. Em sua produção, os mamíferos são criados livremente em florestas da Indonésia. Eles são atraídos pelos frutos do café da região, se alimentam dos grãos e depois produzem as fezes, que são coletadas por agricultores locais. O quilo do café da empresa é vendido por quase R$ 4 mil.


Veja mais:
Comida que pesa no bolso: os alimentos mais caros do mundo incluem carne gourmet, café de origem inusitada e ninho de pássaro
Troque a xícara pelo prato: Bolo de café é alternativa para variar a bebida

Temas relacionados