• Entrar
  • Cadastrar
Você sabe o que é contaminação cruzada? Essas dicas são NECESSÁRIAS para a sua vida!

Por essa ninguém imaginava! A contaminação cruzada não se limita apenas ao contato de alimentos com outro infectado, como também abrange objetos e utensílios da cozinha. Ficou curioso? Vem conferir!

Você já usou alguma faca para cortar a carne e depois usou a mesma no preparo de uma salada? Essa prática aparenta ser inofensiva, mas pode acarretar na contaminação cruzada! Esse simples ato é responsável por colocar tanto a sua vida, quanto a de quem ingeriu essa comida, em risco. Quer saber como isso acontece? E como evitá-la? Descubra agora no TudoGostoso!

Cuidado! A louça suja na pia pode conter riscos que você não imagina

Como ocorre a contaminação cruzada

De maneira simples e direta, a contaminação cruzada é a transferência de microrganismos infectados para um alimento ou objeto que não esteja contaminado. O grande problema está ao ingerirmos essas bactérias pois elas são responsáveis por causar um enorme mal-estar no intestino! Basta um pequeno deslize ou a falta de atenção com a higiene para ocasionar na contaminação de alimentos.

Riscos da contaminação cruzada

Dentre os principais microrganismos contaminantes e responsáveis pelos casos da doença, encontram-se as bactérias, os parasitas, os vírus e as toxinas. Já ouviu falar na salmonella? Ela é uma das bactérias mais conhecidas e é transmitida a partir da contaminação cruzada, mas não é a única! Por isso é importante que você fique de olho e preze pela higienização sempre. A contaminação a partir de alimentos pode causar náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia e entre outras enfermidades. Nesses casos, a ajuda médica precisa ser procurada para evitar maiores complicações, principalmente porque os mais suscetíveis são os idosos e as crianças.

Objetos são os maiores responsáveis

Entre eles estão a lixeira, a esponja de lavar louças, o ralo, o pano de prato, o rodo de pia e a tábua de carnes. Geralmente manuseamos esses objetos e não tomamos cuidados com a limpeza deles. Acabamos não percebendo que não adianta apenas dar uma lavada rápida no paninho ou na tábua para realmente limpar e eliminar possíveis bactérias.

Cuidado com a carne

Segundo dados do Ministério da Saúde, os alimentos crus ou mal cozidos, em especial as carnes vermelhas, são responsáveis por cerca de 35% dos surtos de doenças transmitidas por alimentos que ocorrem no Brasil. Isso vai além do padrão de qualidade oferecido pelos frigoríficos. A carne pode apodrecer se for descongelada de maneira errada, infectada por alguma mosca ou por meio da presença de qualquer outro inseto.

Prevenção da contaminação cruzada

Evitar que a contaminação cruzada aconteça é a melhor forma de prevenir surtos alimentares. Você deve priorizar a higienização correta dos alimentos, das mãos, dos utensílios e de equipamentos utilizados durante o preparo das comidas. Sempre lave aos mãos com água e sabão ao entrar em contato com o lixo, com o dinheiro ou com qualquer outra superfície que possa contaminar os alimentos. Use e abuse do álcool 70% ou de um produto desinfetante para limpar objetos, torneiras e maçanetas.
Veja mais
Use esses ingredientes caseiros na faxina e economize nos produtos de limpeza. Vejas as dicas imperdíveis!
Como higienizar alface: vinagre, água sanitária e até limão lavam bem suas verduras
Cuidado com as bactérias! Veja como higienizar a pia após manusear frango e evite a contaminação

Temas relacionados