• Entrar
  • Cadastrar
Sobrou vinho no jantar? Aprenda 4 formas fáceis de utilizá-lo no cardápio no dia seguinte

Se você não sabe o que fazer com aquela dose de vinho que ficou na geladeira da noite passada, o TudoGostoso tem 4 opções para ativar a sua criatividade. 

O vinho é um ingrediente que dá personalidade e sabor a diferentes tipos de prato. (Foto: ShutterStock)

Muito mais do que uma bebida querida por muitos, o vinho é também uma etapa fundamental para elaborar diferentes cardápios. Seja na versão tinto ou branco, o vinho é um ingrediente versátil na culinária, capaz de acrescentar profundidade de sabor e complexidade a uma variedade de pratos.

Desde marinadas que amaciam carnes e peixes, passando por molhos mais complexos, o vinho pode ser usado também em sobremesas. Muitas vezes, sobra aquela dose de vinho que pode ser a pitada de sabor em um prato no dia seguinte. Por isso, aqui vão quatro formas criativas de usar vinho em suas receitas:

1) Marinada aromática:

Uma das maneiras mais populares de usar vinho na culinária é como parte de uma marinada. O álcool e os ácidos no vinho ajudam a amaciar carnes e peixes, ao mesmo tempo que adicionam sabor.

Você pode, por exemplo, criar uma marinada deliciosa misturando vinho tinto ou branco com ervas frescas, alho, azeite de oliva e outros temperos de sua escolha. Deixe a carne ou o peixe marinar por algumas horas ou durante a noite para absorver os sabores antes de cozinhá-los.

2) Molhos saborosos:

Vinho é um ingrediente fundamental em muitos molhos deliciosos, como o clássico molho bordelaise ou molho au poivre. O vinho tinto, quando reduzido, adiciona uma riqueza e um sabor profundo aos molhos.

Além disso, o vinho branco pode ser usado em molhos para frutos do mar ou molhos de creme, que trazem um toque de acidez e frescor ao prato.

3) Cozimento de risotos:

Risoto é uma especialidade italiana que muitas vezes se beneficia da adição de vinho branco. O vinho é adicionado no início do processo de cozimento, juntamente com o arroz, para liberar seu sabor único e acrescentar complexidade ao prato.

À medida que o líquido é absorvido pelo arroz, o vinho branco evapora, deixando para trás um sabor agradável e levemente ácido.

4) Sobremesas irresistíveis:

E o vinho não está destinado a brilhar apenas para pratos principais; ele também pode ser usado em sobremesas. Vinho do Porto, vinho tinto ou vinho branco doce são ótimas adições a muitas sobremesas, como molhos de frutas, geleias, sorvetes ou bolos.

Eles acrescentam uma dimensão única de sabor e um toque de sofisticação a pratos doces. E lembre-se: a escolha do vinho é importante ao cozinhar. Use um vinho de qualidade que você também gostaria de beber, pois os sabores se intensificam durante o processo de cozimento.

Outra dica importante na hora de cozinhar com vinho é deixar o álcool evaporar no tempo adequado de cada receita para evitar um gosto alcoólico excessivo no prato final. Sabia dessa versatilidade da bebida? Agora você pode explorar o maravilhoso mundo da culinária com vinho e criar pratos deliciosos e cheios de sabor.

Veja mais:

Descubra como o fundo da garrafa de vinho interfere na qualidade da bebida.

Quais são as vantagens do consumo de vinho para o coração?

Temas relacionados