• Entrar
  • Cadastrar
Quanto custa comer nos dois restaurantes brasileiros entre os 50 melhores do mundo? Um deles cabe no seu bolso!

Dois restaurantes brasileiros entram para a lista da premiação gastronômica The World's 50 Best Restaurants

A Casa do Porco e Oteque estão no top 50 melhores restaurantes do mundo (Créditos: Divulgação) 

O Oscar da gastronomia aconteceu na noite da última quarta-feira (05), em Las Vegas, nos Estados Unidos, onde foram anunciados os 50 melhores restaurantes do mundo pelo renomado ranking The World's 50 Best Restaurants. E é claro que não poderia faltar restaurantes brasileiros na lista de premiados, não é mesmo?

Dois restaurantes brasileiros estão entre os melhores do mundo

Mantendo a tradição, o paulistano A Casa do Porco, sob o comando da chef de Janaína Torres, é o brasileiro com a posição mais alta no ranking dos melhores restaurantes do mundo, ocupando a 27ª posição. No entanto, o estabelecimento caiu 15 posições em relação ao ano passado, quando ocupou o 12º lugar.

Em contrapartida, Janaína Torres foi eleita a melhor chef do mundo de 2024 em março pelo mesmo ranking, e subiu ao palco na última noite para receber o prêmio. Ela divide a sociedade do restaurante com o ex-marido Jefferson Rueda.

O segundo restaurante brasileiro a entrar no ranking dos 50 melhores é o carioca Oteque, sob o comando do chef Alberto Landgraf, ocupando a 37ª posição, tendo subido 39 posições comparando com 2023, quando ficou no 76º lugar.

Já o carioca Lasai, do chef Rafa Costa, que conquistou a segunda estrela Michelin este ano, entrou na lista no top 100, em 58º lugar, mantendo a mesma posição do ano passado.

Quanto custa comer nos restaurantes brasileiros que estão entre os melhores do mundo?

A Casa do Porco é um restaurante premiado que tem uma proposta bem diferente do esperado: um menu mais democrático, com um preço mais acessível e uma atmosfera mais casual. O foco dos pratos é, como o nome já indica, carne de porco, com o carro-chefe sendo o Porco San Zé: porco assado com o que vem da horta do restaurante, custando R$96. Porém, existem aperitivos e petiscos que começam no valor de R$44, assim como a salada do dia com ingredientes do Sítio Rueda, que custa R$38.


Já o Oteque, do Rio de Janeiro, segue a proposta de um restaurante chique com menu degustação de aproximadamente R$850, servido em oito etapas, com um menu sazonal a depender dos ingredientes da época. Porém, caso você deseje acompanhar os pratos com vinhos, será necessário pagar mais R$700 aproximadamente.

Atualmente, alguns dos pratos são: vieira marinada, maionese de peixe e pinole; ostra, leite de castanha e picles de maçã verde; batata baroa e cogumelo cru; polvo grelhado, tomate cereja e barriga de porco; boudin de foie gras, pupunha e tucupi; tamboril, brócolis e burrta; peito de pato, abóbora e shitake; e, para finalizar, a sobremesa de sorbet de abacaxi, parmesão e mel de jataí.

Qual restaurante ficou em primeiro lugar no ranking dos 50 melhores do mundo?

Ocupando a primeira posição dos 50 melhores restaurantes do mundo está o Disfrutar, sob o comando de três grandes chefs: Oriol Castro, Eduard Xatruch e Mateus Casañas. O estabelecimento fica localizado em Barcelona, na Espanha.

O restaurante oferece um menu de 30 etapas, com os pratos favoritos dos chefs das últimas décadas. Para ter essa experiência gastronômica, é necessário desembolsar cerca de R$1,5 mil. Se quiser a harmonização com vinhos, é necessário arcar com mais R$920, aproximadamente.

Veja mais:

O que você consegue comer com R$100 em um restaurante com estrelas Michelin?

Temas relacionados