• Entrar
  • Cadastrar
Existe garrafa de vinho com um litro? Descubra motivo e saiba qual tipo de vinho pode armazenar na posição vertical

Entenda o mistério por trás das garrafas de vinhos e descubra se existe ou não opções de 1 litro.

Descubra qual é a forma certa de guardar o vinho (Foto: Shutterstock)

Você sabe por que as garrafas de vinho têm 750ml e não um litro? Certamente você já se pegou observando as opções disponíveis nas prateleiras e se frustrou ao perceber que não havia a opção de um litro disponível. E aí, ou você compra uma garrafa ou leva duas, por garantia.

Existem algumas teorias sobre esse mistério que talvez muita gente não conheça. Uma das explicações mais disseminadas vem desde o século XIX e está relacionada ao ajuste de medidas no comércio de vinhos de Bordeaux, entre franceses, que já eram adeptos do litro, e ingleses, que mantinham o hábito do galão.

Na época, os principais clientes dos franceses eram os ingleses, mas esses consumidores jamais adotaram o mesmo sistema de medidas dos fornecedores. Os vinhos eram transportados da região de Bordéus em barris de 225 litros (cerca de 50 galões). Para facilitar as contas, os comerciantes optaram por uma garrafa de 750ml.

Os 225 litros correspondiam a 300 garrafas com a capacidade de 0,75 litros. Ou seja, um galão equivalia a 6 garrafas. Não por acaso, as caixas de vinho costumam comportar 6 ou 12 garrafas.

Outras teorias sobre o tamanho da garrafa de vinho

Uma corrente defende que a garrafa de 750ml é ideal para o consumo de duas pessoas. Outro aspecto é que seria melhor para conservar o vinho em perfeitas condições, ou seja, para deixar a bebida envelhecer e desenvolver seus sabores e aromas ao longo do tempo.

Fato é que o tamanho padrão da garrafa de vinho permanece em 750ml, o equivalente a 5 taças, e é o mais utilizado no mundo todo. Mas é possível encontrar no mercado garrafas de 1,5 litros. Por acaso, já se deparou com alguma?

Conheça os nomes curiosos e tamanhos das garrafas de vinho

Pode ser que você se surpreenda, mas existem mais de vinte e dois tamanhos de garrafas de vinho disponíveis no mercado! E a capacidade varia de 187,5 ml a 30 litros. Confira os tamanhos mais tradicionais de garrafas de vinhos:

  • Um Quarto (Split, Pony ou Piccolo): comporta 187,5 ml, pouco mais de 1 taça.
  • Meia Garrafa (Demi ou Fillette): tem 375 ml e equivale a 2 taças e meia.
  • Jeanne: comporta 500 ml de vinho e equivale a pouco mais de 3 taças.
  • Garrafa Padrão: é a garrafa de 750 ml que já conhecemos e equivale a 5 taças.
  • Magnum: tem a capacidade de 1,5 litros, cerca de 10 taças.
  • Double Magnum (Jeroboão): Tem a capacidade 3 litros e equivale a 20 taças.
  • Roboão: tem a capacidade de 4,5 litros e equivale a 30 taças.
  • Imperial (Matusalém): tem a capacidade de 6 litros e equivale a 40 taças.
  • Salmanasar: tem a capacidade de 9 litros e equivale a 60 taças.
  • Balthazar: tem a capacidade de 12 litros e equivale a 80 taças.
  • Nabucodonosor: tem a capacidade de 15 litros e equivale a 80 taças.
  • Melquior (Salomão): tem a capacidade de 18 litros e equivale a 120 taças.
  • Melquisedeque (Midas): tem capacidade para 30 litros, cerca de 200 taças.


Existem ainda outros tamanhos e que são menos populares: é o caso das garrafas Cilindro (100 ml), Chopine (250 ml), Clavelin Half (310 ml), Clavelin Full (610 ml) e Marie-Jeanne (2,25 litros).

Quanto tempo pode durar o vinho em uma garrafa aberta?

Se for armazenada de forma adequada, após aberta a garrafa de vinho pode durar de três a sete dias, estando fechada com a própria rolha ou com a tampa.

O vinho deve ser guardado na horizontal ou vertical

Você sabe qual é a forma correta de armazenar as garrafas de vinho e imagina como a posição pode afetar a qualidade? Esse detalhe também pode impactar na longevidade da bebida, garantem especialistas. Por isso, é bom prestar atenção às dicas para evitar erros comuns de apreciadores da bebida.

O armazenamento horizontal costuma ser a melhor opção e isso se deve a algumas razões. A umidade da rolha é mantida por ficar em contato com o vinho e evita que resseque. Uma rolha seca pode encolher e possibilitar a entrada de oxigênio na garrafa, levando à oxidação do vinho.

Distribuição homogênea dos sedimentos, já que o vinho permite a distribuição uniforme dos sedimentos e facilita a decantação no momento em que a garrafa é aberta. Otimização do espaço, obviamente que guardar na horizontal é uma solução eficiente quando se tem várias garrafas para guardar.

O armazenamento vertical é ideal para vinhos sem rolha de cortiça, geralmente as tampas de rosca, ou que serão consumidos em pouco tempo. Manter as garrafas na vertical nesses casos não oferecem prejuízos para a qualidade do vinho.

Dicas adicionais para o melhor armazenamento de vinhos

Não basta se preocupar com a posição em que as garrafas serão guardadas. Alguns cuidados extras são necessários, mesmo que a sua intenção seja usar o vinho no preparo de receitas: A temperatura ideal para armazenar o vinho varia entre 12°C e 18°C. É importante evitar variações bruscas de temperatura, pois podem afetar a qualidade do vinho.

Mantenha a umidade relativa do ambiente entre 60% e 70%, assim se evita o ressecamento da rolha e, consequentemente, a oxidação do vinho. E por fim, proteja as garrafas da luz direta, principalmente da luz solar, que pode acelerar a deterioração do vinho.

Temas relacionados