• Entrar
  • Cadastrar
Doces ou travessuras? Origem do Halloween tem muitas tradições e não é nada ‘assustadora’. Veja algumas curiosidades!

Comemorado em 31 de outubro, a festa de Halloween é popular nos Estados Unidos. Veja qual é a sua origem, tradições e as principais curiosidades que você não conhece.

 

Festa tradicional americana, o Halloween é comemorado em 31 de outubro de diversas formas pelo mundo.

Outubro é conhecido por suas várias comemorações. Além do Dia das Crianças e Dia dos Professores, o último dia do mês (31) é marcado pela comemoração de Halloween — uma tradicional festa norte-americana que se popularizou por todo o mundo. O que muitos não sabem é que não é só de doces e travessuras que o evento é composto. Por isso, o TudoGostoso separou algumas curiosidades do Halloween para você conhecer mais sobre este evento repleto de mistérios, feitiços e muita fantasia.

Antes de mais nada, você sabia que o nome Halloween é derivado, ou uma abreviação, da expressão “All Hallows’ Eve”?

A junção tem um significado bem importante para definir o motivo da festividade e sua origem. Afinal, “Hallow” é um termo antigo usado para definir a expressão “santo”, enquanto “eve” quer dizer véspera.

Para quem não sabe como surgiu o Halloween, a festa é celebrada às vésperas do “Dia de Todos os Santos”. E aí, você já sabia dessa informação? Essa já pode ser considerada uma primeira curiosidade, certo? Então confira mais algumas a seguir!

Halloween surgiu há mais de três mil anos

O Halloween é uma celebração bem antiga e surgiu há mais de três mil anos. De acordo com historiadores, essa festa passou a acontecer em virtude de comemorações realizadas pelos celtas, em homenagem aos mortos. Os celtas eram um povo que existiu entre 600 a.C. e 600 d.C; que realizava o famoso "Samhaim", festa tradicionalmente celebrada em regiões do Reino Unido, Irlanda e parte da França.

O significado de "Samhaim" tem a ver com "fim do verão", marcando a troca de estações e celebrando a colheita. Segundo os celtas, nesta época do ano o mundo dos vivos e dos mortos se juntavam. Eles usavam, inclusive, lanternas e fogueiras para guiar os espíritos pelo mundo dos vivos. A celebração não tinha o objetivo de assustar, mas sim de celebrar o retorno dos mortos a um local de celebração.

É o segundo feriado mais popular nos EUA

Embora no Brasil a comemoração não seja tão explorada pelo comércio e no calendário sazonal, nos Estados Unidos a celebração é muito popular. É a segunda data mais importante do ano, ficando atrás apenas do Natal.

A festa é conhecida como um “Segundo Natal” e mobiliza milhões de pessoas pelo país norte americano. Dessa forma, começou a se espalhar para diversas partes do mundo. Uma outra curiosidade é que a festa chegou aos Estados Unidos pelos irlandeses, no século XIX, por meio de imigrantes.

 

Celebrado em 31 de outubro, o Halloween é uma festa de origem irlandesa e popular nos EUA pelos doces.

Dois quilos de doce por pessoa

Outra curiosidade é que os americanos comem, em média, 2 kg de doces de Halloween por ano, sendo este o número estimado por pessoa. Muitos comparam que esse é o peso de um chihuahua fantasiado. É ou não é muito doce?

Doces ou travessuras?

Quem nunca ouviu no Halloween a famosa frase "doces ou travessuras?" que é uma tradição usada no festival como brincadeira. No entanto, ela não surgiu nos Estados Unidos.

A tradição surgiu também com os celtas, na Idade Média, quando acontecia o "souling". A atividade, na época, consistia nas crianças irem à rua e pedir um pedaço de bolo. Em troca disso, ofereciam uma oração a um parente morto da família que concedeu o presente. Entendia-se o alimento como um pedaço de "bolo de alma", geralmente feito de pão e groselha. A oração era feita para que o espírito do falecido seguisse em paz para o além.

Com o passar do tempo, a brincadeira foi se adaptando para que as crianças pudessem participar e ser uma atividade divertida. O pedaço de bolo foi trocado por doces diversos.

Alto índice de doces causa polêmica

A tradição de "doces e travessuras" é uma marca do Halloween americano, mas é motivo de polêmica. Isso porque a ocasião também pode ser uma oportunidade para depredação. Muitos usam a data para praticar atos de vandalismo e deixar diversos patrimônios públicos ou históricos comprometidos por pichações, além de danificados por cona das travessuras.

A população também repudia que a data incentive o alto consumo de doces. Alguns americanos defendem que a data é completamente prejudicial à saúde, sobretudo das crianças, que consomem muito açúcar nesta época do ano.

Uma parte dos americanos tenta acabar com o costume de "doces e travessuras", mas é uma tradição tão histórica que ainda não conseguiram abolir.

Veja mais:

Por que usamos fantasia no Halloween e quais são as roupas mais tradicionais da festa

6 itens para fazer doces temáticos para o Halloween

Temas relacionados