• Entrar
  • Cadastrar
Cerveja de espinafre, de morango e até com chantilly! Veja as cervejas diferentonas que o TudoGostoso provou na Mondial de La Bière

Evento cervejeiro acontece no Rio de Janeiro até o dia 15 de outubro com mais de 1500 rótulos de cerveja artesanal.

Cerveja de morango e frutas vermelhas foi uma das favoritas. 

O festival de cerveja artesanal Mondial de la Bière está rolando no Rio de Janeiro e a equipe do TudoGostoso foi até lá conferir todas as novidades. Nosso foco foram as cervejas mais diferentes, aquelas que seriam mais difíceis de experimentar em outro contexto, e ficamos surpresos com a quantidade de sabores inusitados! Teve cerveja com espinafre, com cachaça, frutadas e até com cara de sobremesa!

Já imaginou tomar cerveja de creme brulée com chantilly?! Sim, no Mondial de la Bière é possível! Confira, abaixo, as cervejas mais diferentes que o TudoGostoso experimentou!

Cerveja com espinafre

Espinafre não agrada o paladar de todas as pessoas, mas e com cerveja, será que funciona? A cervejaria BodeBrown provou que sim, com o seu lançamento Popeye. A cerveja com espinafre é leve e refrescante e foi desenvolvida em parceria com os criadores do desenho. A gente até sentiu o muque crescer depois de umas goladas, viu?

Cerveja de acerola, cupuaçu e graviola

Na mesma cervejaria, a Bodebrown, provamos a cerveja Anna Guerra, que leva frutas brasileiras, com destaque de sabor da acerola, cupuaçu e graviola. As notas tropicais e o baixo amargor tornam essa uma opção bem refrescante, com sabor frutado e com especiarias.

Cerveja com cachaça

Sim, você não leu errado. Encontramos uma cerveja com infusão de cachaça. Bem brasileiro, né? A criação é da cervejaria Show de Bola, de Macaé. Como é de se esperar, essa cerveja tem um sabor e aroma bem alcoólicos.

Cerveja de cajá

Azedinha e refrescante, nem parece cerveja! Essa é a nossa descrição do rótulo intitulado Brewteco Tijuca, um sour com cajá da cervejaria Farra Bier. Também experimentamos a Spring Love, a sour da mesma marca com tangerina e amora. As duas são bastante ácidas. Para quem curte o sabor, é uma boa pedida, mas quem prefere notas mais doces pode achar azedo demais.

Cerveja de creme brulée

Quando nossos olhos bateram no cardápio e leram “cerveja de creme brulée”, mal pudemos acreditar e é claro que precisamos provar. A criação é da Criatura Craft Beer, que conta com diversos outros rótulos criativos. Para tornar a experiência ainda mais especial, a pastry sour creme brulée acompanha chantilly no topo. O sabor? Superdocinho, realmente lembra uma sobremesa. Aprovado!

Cerveja de morango

O casamento perfeito entre a doçura e a acidez, na nossa opinião. A Dream Potion, da cervejaria Hocus Pocus, é uma Sour levinha de 4,5% ABV com morango, hibisco e frutas vermelhas. Além de ter uma cor bem bonita, não é nem um pouco enjoativa e bem fácil de beber.

Cerveja de goiabada e marmelada

A Jybá Cerveja Artesanal, de Minas Gerais, trouxe ao Mondial de la Bière alguns rótulos superinteressantes, como a Catharina, uma sour de goiaba, goiabada, marmelo e marmelada. Sim, parece sabor demais, mas a combinação funciona superbem. Nós adoramos! Esse rótulo, inclusive, foi premiado no concurso internacional Brasil Beer Cup 2021.

Cerveja de pitaya com café

Mais uma combinação, no mínimo, inusitada da Jybá: cerveja de pitaya com café. Para gente, funcionou muito bem! É uma cerveja leve e refrescante, diferente da maioria das outras artesanais de café. Aliás, o café nessa cerveja está mais presente no aroma do que no sabor e a pitaya ajuda a dar um tom mais frutado à criação. Vale experimentar também.

Veja mais:

Mondial de La Bière trará mais de 1500 rótulos de cervejas artesanais; veja os detalhes do festival no RJ

10 informações úteis que você precisa saber antes de ir ao Mondial de la Bière no RJ

Temas relacionados