Ícone do blog TudoGostoso
Blog
  • Ícone de receitas favoritadas
    Receitas favoritas
  • Foto do usuário

Empadinhas de camarão à baiana

3 5.0
Avalie essa receita
Seja o primeiro a enviar uma foto para esta receita!
Envie suas fotos
Preparo
Rendimento 24 porções
Comentários 4

Ingredientes

    Massa podre:

    • 1 kg de farinha de trigo (mas não vai usar tudo)
    • 2 ovos (1 gema e 2 claras, reserve a outra gema para pintar a tampa de massa das forminhas com pincel ou trincha de cozinha).
    • 350 g de banha de porco (dá um sabor especial, quem for proibido use manteiga ou margarina – mas não fica a mesma coisa)
    • 250 g de manteiga (pode – mas não fica a mesma coisa – ser substituída por margarina caso não se possa comer manteiga)
    • 1 colher de chá de sal

    Molho de camarão:

    • 600 g de camarão descascado sem cabeça (compre marcas confiáveis).
    • 2 tomates vermelhos
    • 1 maço de coentro
    • 1 maço de cebolinha
    • Cominho
    • 100 a 150 g de manteiga
    • 1 copo de requeijão (200 g)
    • Pomarola ou equivalente (um pouquinho para dissolver em água, 3 dedos de um copo)
    • Azeite de dendê (um pouquinho, cerca de uma colher e meia de sopa, dá um traço especial ao molho)
    • 1 cebola média
    • 1 colher e 1/2 de sopa de amido de milho (tipo maisena, dissolver bem em 1/2 copo de água)
    • 1 colher e 1/2 de chá de sal
    • 1 limão
    • 1 colher de sopa rasa de pasta de alho sem sal
    • ½ colher de rasa de café (para botar na gema que vai ser pincelada na tampa da empada)
    • 30 forminhas médias ou o equivalente (usamos pequenas e grandes em face de dosar a gula dos comensais - 12 pequenas e 12 grandes).
    • Experimente as diversas formas, a empada muda.
    • Um pincel ou trincha para culinária (somente uso em culinária, mas pode comprar em loja de material de construção).

    Modo de Preparo

    1. Deixe o camarão descongelar umas 4 a 6 horas antes (supondo que é do tipo congelado).
    2. Após descongelar, tire toda água colocando para escorrer bem (um pouco antes de iniciar o preparo do molho); coloque em um recipiente e em seguida esprema um limão no camarão e reserve.
    3. Começar pelo molho, pois ele vai ter que, após pronto, ser resfriado para colocar nas forminhas.
    4. Em uma tábua de carne, pique a cebolinha e o coentro (cerca de ¼ a 1/5 de um molho padrão) e jogue na panela média que você irá utilizar.
    5. Coloque uma cebola cortada em um processador e a pique (se não tiver processador faz na tábua de carne) e jogue na panela junto com os demais ingredientes.
    6. Faça o mesmo com os 2 tomates vermelhos (evite transformá-los em pasta, deixe os pedaços bem pequenos) e jogue na panela junto com os demais ingredientes.
    7. Coloque cerca de 150 gramas de manteiga na panela dê uma mexida para misturar tudo acenda o fogo. Deixe o molho cozinhar bem que a água dos ingredientes vai sumir da panela.
    8. Sem a água, jogue o camarão na panela e cozinhe junto com os demais ingredientes até o camarão ficar mais vermelhinho (quando jogar o camarão não jogue o caldo que ficou no recipiente, reserve este).
    9. Após o camarão ficar mais dourado, misture na vasilha onde estava o camarão: o limão do camarão com pomarola (cerca de 3 dedos em um copo de pomarola) e mais 3 ou 4 dedos de água (relativo ao copo). Junte na panela e deixe o camarão terminar de cozinhar sempre mexendo.
    10. Já pode fazer a massa podre que é rápida. Coloque em um pote grande (aquele que você como a pipoca) 1 ovo inteiro, mais a outra clara, a banha (350 g) a manteiga (150 g) e colocando a farinha aos poucos e amassando com a mão (que você lavou antes umas três vezes com detergente de louça e limpou bem as unhas – a saúde das pessoas depende disso). No início sua mão ficará sebosa e a massa gordurosa. Coloque aos poucos a farinha e amassando (melhor que uma outra pessoa pegue o saco de farinha e coloque).
    11. Quando a massa desgrudar naturalmente de suas mãos e você sentir que a massa já não está absorvendo tanto a farinha (começa a soltar farinha da massa e a massa de suas mãos), então a massa podre estará pronta (provavelmente você usou mais de 800 g de farinha).
    12. Chame as crianças para encher as formas (ensine-as a fazer fazendo uma ou duas forminhas para que vejam). Não deixe camadas muito grossas de massa no fundo e nas laterais, quanto mais precisa for a espessura mais gostosa ficará a empada (fina, mas consistente).
    13. Voltando ao molho. Não deixe ficar seco o molho na panela. Coloque 1 colher e meia de amido de milho em meio copo d´água (dissolva bem no copo) e jogue na panela. Continue cozinhando. Quando o camarão estiver bem cozido (mas não deixe ele emborrachar) pode jogar o copo de requeijão; dissolva bem e quando terminar de dissolver desligue o fogo e deixe o molho esfriar (SÓ SE COLOCA O MOLHO NA FORMA DA EMPADA QUANDO ESTIVER FRIO).
    14. A essa altura as crianças já pegaram o jeito e estão terminando de encher as formas.
    15. Com o molho frio e as formas forradas de massa podre, vá colocando o molho FRIO nas formas sem encher demais (lembre-se da massa que vai em cima e que a tampa deve ficar da altura máxima da lateral da forma).
    16. Com o que restou da massa, faça uma tampa com a palma da mão e tampe as empadas (se faltar massa, o que não cremos com as medidas que demos, é só fazer mais um pouco em 3 ou 4 minutos; é bem rápido e você já estará com prática de amassar a massa podre a esta altura). Não esqueça de firmar bem as bordas para “amarrar” a tampa à massa podre que forrou a forma.
    17. Coloque no copo em que está a gema (anteriormente separada) aquela ½ colher rasa de café de pó de café. Com o pincel ou trincha de cozinha (compre em lojas de material de construção, lave bem a 1ª vez e todas as vezes que for usar – somente para culinária).
    18. Coloque no forno pré-aquecido (uns 5 minutos de pré-aquecimento) durante o tempo necessário a dourar a massa (cerca de 40 a 45 minutos)..
    19. Se você for congelar uma parte, retire as empadas antes de ficarem totalmente douradas (quando você recolocá-las no forno elas não queimarão), retire a quantidade que você for congelar e devolva as demais ao forno.
    20. Aprecie sem moderação.

    Informações Adicionais

    • Dicas principais: Um prato deve ser feito várias vezes até o executor “pegar o jeito”. No caso da empada de camarão (seja o molho que for) o segredo é saber fazer a massa podre (que não leva leite e não leva água, sob pena de estragar o quitute). Muito agradável se for feito por um casal que curta fazer coisas juntos. IMPORTANTE: O CAMARÃO DEVE SER CONFIÁVEL, POIS PODE CAUSAR PROBLEMAS DE SAÚDE, SE NÃO ESTIVER BOM. Evite dar camarão aos menores de 12 anos para evitar idas desesperadas a prontos socorros (dica de quem já esteve, pessoalmente, 3 vezes nesta situação). Uma empada boa para crianças menores é de galinha e de palmito (se quiser faça um outro molho que as crianças vão adorar).

    PELA WEB

    Comentários

    • Nota 1000

    • Oi Américo, adorei a receita, minha filhota estará fazendo aniversário este mês estou bem afim de fazer as receitas em casa, pois quando encomendamos em padaria, o camarão sempre fica de fora (é mais um pirão de camarão), enfim, por quanto tempo tu acha aconselhável congelar as empadinhas? Desde já, muito obrigada!

      • Se for bem congelado dura pelo menos 1 mês. Porém , sempre muita atenção com o camarão...

    • parabens, adorei a maneira responsável de explicar a receita.

      • Agradeço o elogio! Américo

    • Perfeita!!! Nota 1000 para a receita e para as explicações de preparo. Ficou muito, mas muito gostosa!!! Adorei!!!

      • Agradeço o elogio! Américo

    Ver mais