Ícone do blog TudoGostoso
Blog
  • Ícone de receitas favoritadas
    Receitas favoritas
  • Foto do usuário
  • Imagem enviada por Dilma Pimentel lima
  • Imagem enviada por Dilma Pimentel lima
  • Imagem enviada por Dilma Pimentel lima
Preparo
Rendimento 10 porções
Comentários 2

Ingredientes

  • 500 g de canjiquinha de milho sinhá
  • 1 kg de costelinha de porco picada em cubos
  • 250g de lombo defumado picado em cubos ou de bacon tropeira
  • 2 linguiças calabresa (ou paio) defumada cortada em cubos
  • 150 g de queijo meia cura ralado grosso (ou parmesão)
  • 1 pimentão vermelho picado
  • 3 cebolas picadas
  • 4 dentes de alho amassado ou picado
  • Espinafre a gosto
  • 3 litros de água quente com 2 caldos knorr de costela
  • 1 talo de aipo picadinho
  • 1 talo de alho poró picado
  • Pimenta biquinho e pimenta que arde a gosto
  • 1/2 colher (café) de curry
  • 300 ml de vinho branco seco
  • Cheiro verde a gosto

Modo de Preparo

  1. Deixar a costelinha marinando por 12 horas, temperada com alho e sal e um pouquinho de vinho branco seco.
  2. Colocar a canjiquinha de molho por algumas horas.
  3. Após as 12 horas de marinada, fritar a costelinha em uma frigideira antiaderente com um fio de azeite.
  4. Depois de frita, reserve e utilize a mesma frigideira para fritar o lombo (ou bacon), lembrando que é uma leve fritada, pois ele já é defumado. Reserve e reutilize a frigideira para fritar a linguiça. Reserve.
  5. Comece a preparar a canjiquinha refogando o alho no azeite, em seguida coloque a cebola, depois o pimentão e pimenta a gosto, depois o aipo e alho poró.
  6. Coloque o curry, o vinho e deixe ferver um pouco até evaporar. Acrescente a canjiquinha escorrida e coloque o caldo de costela aos poucos.
  7. Mexa de vez em quando para não agarrar no fundo da panela e regando com o caldo de costela assim que for necessário.
  8. Depois que a canjica estiver cozida, acrescente a costelinha, o lombo e a linguiça e deixe incorporar sabor.
  9. Acrescente mais caldo de costela e deixe fervendo mais uns 10 minutos, corrija o sal se necessário.
  10. Cuidado com sal, pois já tem sal no caldo de costela e nas carnes.

Finalização do prato:

  1. Eu utilizo a panela de barro, mas também é recomendável a panela de ferro ou de pedra.
  2. Para finalizar esse saborosíssimo prato, decore as laterais com espinafre, podendo afundar alguns ramos, salpique queijo por cima, cheiro verde e pimentas biquinho inteiras - conforme a foto. Saboreie, que vale muito a pena!

PELA WEB

Comentários

  • Valeu a pena experimentar - Nota 10. Como eu não tinha alho poró ou aipo, foi só com alho e coentro verde mesmo. ainda acrescentei um pouquinho de charque. todos os convidados adoraram. Obrigado,

  • Coloquei na receita 2 caldos de costela, mas utilizo apenas 1 caldo. Recomendo muita prudência na utilização do sal, já que a falta pode ser sanada, mas o excesso não tem jeito.

Ver mais